segunda-feira, 18 de abril de 2011

Amor assim...


Hoje defino o amor como algo que transcede o sexo.
Mesmo o sexo sendo bom de mais,
Não o é sem a essência do amor.

Amor assim senti por alguém muito especial,
Que até hoje guardo aqui no meu coração.

Transceder, é algo que vai além.
Esse amor que hoje defino,
Se faz nas pequeninas coisas
Do cotidiano, simples e aparenemente insignificantes.
Mas de uma grandiosidade.

Esse amor descobri no sorriso da pessoa amada
Ao despertar ao lado dela;
No abraço sincero e caloroso;
Nas falas bobas ao pé do ouvido;
Quando me fazia cosquinhas e quase me matava de rir;
Nas horas que nos falavamos ao telefone;
Até nos momentos que nos olhavamos feito bobos
E não tinhamos nada para falar.

Amor assim, é como de novela, mágico e explosivo.
Amor assim, é sentir saudade e não se desesperar por ter
Fé no reencontro.
Amor assim, é poder confiar e falar espontaneamente
Eu te amo.
Amor assim. é sentir o prazer de viver a vida com plena
Consciência de que aquele vazio no peito já não
Existe, pois já foi preenchido.
Amor este, que envolve, faz sorrir, fazer ser criança, faz sonhar,
Faz viver de um modo todo diferente onde tudo é possível.

Amor assim, que hoje defino, mesmo distindo, mesmo distante,
Faz querer viver e fazer a vida valer a pena.

By Adalmir Oliveira Campos. Março/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário