Seja bem vindo(a)!!!!

É um prazer recebê-lo(a) em meu Blog... Será uma alegria imensa se puder divulgá-lo aos seus amigos e amigas. Desde já fica o meu carinhoso agradecimento.

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Amontoado


Eu sou um amontoado dos que vieram antes de mim, mas não sou os mesmos, muito menos serão eu, os que virão posteriormente.

Somos consciências, que como luzes, se acendem, e seguem adiante, e nunca se apagam, neste processo contínuo de despertar-se e despertamento dos outros.

Não existem fórmulas, muito menos verdades prontas, elas vão sofrendo as metamorfoses necessárias no desenrolar da eternidade...

Uma coisa é certa, nunca nos perdemos, apenas renascemos numa versão melhorada de nós mesmos!

O mundo por sua imensidão, alimentado pel oEgo, sob o ar da competição, baseado na maldade dos corações, das sombras exercitadas, do egoísmo, etc., muitas vezes nos leva a crer que não somos nada, nem tão importantes assim. 

Mas já pensou se haveria mar, se cada gotinha d'água resolvesse se dispersar e não querer fazer parte de um todo?

Pensando nesta lógica, não teríamos rios, nem montanhas, nem as praias à beira mar...
(E mesmo dispersa, cada gotinha é mar.)

Ser agradecido aos antepassados, é saber que, o que somos, o que temos, também devemos a eles.

Resta-nos pensar, que tipo de herança deixaremos para as gerações futuras, e como nós nos perpetuaremos nelas, e do que usufruiremos em nosso "vir a ser", diante da visão de que não nos perdemos, e sim, nos transformamos em versões melhoradas do que somos neste tempo e atualidade, em condições outras que um renascer nos permitir.

By Adalmir Oliveira Campos

Fracassado!?


Sabe porque muitos te olham e vêem em você um fracassado, e querem ti fazer acreditar nisto?

Porque não entenderam que você, apesar dos pesares vai (foi) lá e faz (fez), e melhor, faz (fez) o que não conseguiram fazer.

E acredite, melhor ainda, não entendem (às vezes nem entenderão, não importa) porque você não escolheu ser como eles queriam que você fosse.

Você escolheu ser você mesmo!

Não entendem e jamais entenderão que quando uma luz se acende dentro da gente, a tendência é, que ela só venha a crescer, se ampliar, expandir, mais e mais.

E assim, em tudo em que nos envolvemos, o Universo conspira a favor, e devagarinho chegamos onde é preciso chegar. (e sempre há mais após a linha do horizonte)

Não é questão de ser o melhor, e sim de colocar amor em tudo que faz, e dar o seu melhor!


By Adalmir Oliveira Campos

Ritual do café da manhã


Enquanto fazia o ritual do café da manhã, me veio à mente muitos pensamentos que me levaram a esta reflexão à cerca do mundo, das pessoas que o habita, seu modo de pensar, suas crenças, o modo como se tratam uns aos outros, do modo como se tratam a se mesmos.

Com certeza, crescemos bastante em comparação a tempos remotos, e em relação aos que nos antecederam, e que é significativamente correto afirmar que evoluímos constantemente, embora alguns fatos isolados tentam nos afirmar o contrário.

Evoluímos, progredimos, e avançamos de forma continuada, sofrendo às vezes algumas variações na velocidade destes avanços.

Voltando ao foco, a respeito da reflexão ao preparar o café da manhã, fico a imaginar o quanto é forte o poder da crença em nossas vidas, o que a cada estudo de algum autor sobre o assunto, fica mais óbvio, o quanto elas interferem em nossas vidas e relações de nós, com a gente mesmo, e de nós com os outros, e como tudo isto influencia e impacta nossas vidas nos aproximando ou nos distanciando de realidades de vida mais dignas e felizes, ou menos dignas e infelizes.

Por que muitos acessam a fartura, prosperidade e abundância em suas vidas e outros não? Se há no mundo, recursos ilimitados, por que boa parte destes recursos vão para os lixões mundo afora e não chega à quem falta alimento, agasalho, um lar, uma família, etc.?

O poder da crença limita, ou abre portas.
O poder das crenças trás a vida, ou trás a morte.
O poder da crença, acredito, pode ser comparada ao poder da fé...

Uma fé rasa, possibilita uma vida rasa.
Uma fé abundante, possibilita uma vida abundante e profunda.

Outra crença limitante, talvez seja acreditar que a fé seja Dom Divino, quando na verdade, ela é algo que pode ser exercitado e aperfeiçoado...

Se acreditamos conseguir, alcançar, dar conta, é maior a probabilidade de conseguirmos, de alcançarmos e darmos conta, pois tal crença reprograma toda a estrutura física e imaterial do ser para atingir tal crença, sendo esta, uma verdade, mesmo que em dado momento não manifestada.

Bem como, se acreditarmos não conseguir, não alcançar, não dar conta, a verdade também se manifesta, pois todo o ser trabalha para validar tal crença.

As ciências atuais, balizadas pela física quântica, neurociência, tem tido grandes avanços nesta direção, os quais merecem a atenção humana, estudo e prática.

Muitas vezes a crença é tão "encarnada na pessoa", e a mantém em sua zona de conforto de tal forma, a criar medos gigantescos e irreais, os quais as impedem de sair do casulo, se tornarem belas borboletas e voarem com toda a leveza para qual foram criadas a viver e a manifestar em suas vidas.

Ou como diziam os filósofos na antiguidade, atemporais em suas falas, modos de pensar e refletir, na construção de conhecimentos em favor da humanidade no despertamento de seu melhor.

Muitas vezes a fé negativa, bem como a crença negativa é tão cega, que a pessoa está passando fome, dificuldades, dor, frio, etc., e passa diante de algo que as sacie em suas necessidades, só que não as enxerga, como um cavalo que devido às viseiras laterais, somente enxergam o que está à sua frente, negando-lhe as variantes infinitas de novas possibilidades e caminhos ao redor, a serem observados e experienciados e vividos.

Que nossas orações sejam para estes, para estas, de modo que despertem para nova fé, novas crenças, novas possibilidades, e possam acessar nesta vida e tempo, tudo que lhes pode favorecer as aprendizagens positivas, progressos, avanços, evolução, podendo estas, manisfestarem toda sua essência e ser neste mundo, numa manifestação universal de tudo com o que podem contribuir para a humanidade, pois é certo, há em cada ser, uma enciclopédia imensa, não acessada, que assim o sendo, pode contribuir muito para o todo ao qual está inserido, proporcionando avanços inimagináveis.

A começar por compartilhar de uma reflexão levantada sobre um ritual do café matinal...

E você com o que pode contribuir?

Bom dia!

Bom dia! By Adalmir Oliveira Campos

domingo, 22 de julho de 2018

Meu Céu


O meu céu, é mais bonito, 
não porque o seu é bonito.

E sim porque é o meu céu!

E eu o pinto, a partir da paleta 
de cores do meu coração!

O que os meus olhos vêem 
e sentem, pertencem à minha
alma... 

Já, o que o teus olhos vêem e
sentem, pertencem à tua alma.

Portanto, fique claro, o que te
faz feliz, nem sempre, ou 
quase sempre, não é o que
me faz feliz...

Em contrapartida, o que me faz 
feliz, nem sempre, ou quase
sempre, não é o que te faz feliz.

Não é sobre competição!

Nunca foi sobre comparação.
Muito menos sobre matar 
um leão por dia.

Tão pouco, estar no topo
da cadeia política, religiosa,
ou alimentar (etc.)

Sempre foi sobre SER.

By Adalmir Oliveira Campos

Finais Felizes!?


O outro não se torna um monstro se não conseguiu superar as nossas expectativas. 

Aliás, nem só de espectativas vive o homem!

A realidade das coisas e das pessoas existem, e vão além das aparências, e somente o tempo revela o que fica sub oculto em máscaras momentâneas.

Ninguém vive sob máscaras eternamente!
Quem são (quem somos) realmente, uma hora vem à tona.

Amar, é aceitar o que cada um é "de verdade", quando voltam à realidade que são. (Que somos)

Amar é escolher o outro e o aceitar em sua nudez, e assim se auxiliarem mutuamente, para que ambos floresçam no que possuem de melhor, ou no que podem alcançar de melhor quando estiverem prontos para tal.

Amar não é ser perfeito, e sim aceitar as imperfeições de si mesmos, e um do outro e juntos, buscarem desenvolver o seu melhor!

Não existem relações perfeitas, existem relações de pessoas que desistem umas das outras por se basearem em expectativas, e em relacionamentos perfeitos, bem como, existem aqueles relacionamentos, onde ambos escolhem um ao outro e no respeito e amor, buscam desenvolver o seu melhor, corrigindo a si mesmos no que lhes falta corrigir, e assim, seguirem em frente com atitudes e ações sadias que vise uma relação também saudável, e consequentemente feliz.

Nenhum relacionamento é conto de fadas com finais felizes... Isso é historinha para boi dormir.

Relacionamentos reais tem dias de Glória, bem como dias de derrotas, dias de gozo e prazer, bem como dias sem sabor, sem tesão e sem graça, há contentamentos e descontentamentos, etc.

O que determinará a saúde ou doença destes relacionamentos, serão as escolhas e atitudes diante de cada uma dessas situações cotidianas, o que exige dedicação, respeito e confiança, e porque não amor?

E no mais, a vida vai ensinando, basta despertarmos nossos sentidos para aprender e sermos felizes!

By Adalmir Oliveira Campos

Sorrir e ser grato


Eu poderia ter reclamado quando muitas vezes me vi perdido na vida. Mas optei por ser agradecido, pois somente quem se perde, se encontra e se reencontra continuamente.

Eu poderia ter reclamado quando meus relacionamentos passados não deram certo e me vi sozinho.( Confesso que naqueles momentos reclamei) Mas prefiro ser agradecido, pois hoje sei me valorizar e a conviver melhor comigo mesmo.

Eu poderia ter reclamado quando perdi o emprego no qual ganhava grandes quantias em dinheiro. Mas preferi ser agradecido por descobrir que sou capaz de realizar outros feitos e ofícios, e mesmo com menos dinheiro, ter mais paz, mais tempo, e ser mais feliz.

Eu poderia ter reclamado por ter hoje, um carro inferior ao que tive. Mas resolvi ser agradecido por ter uma conta a menos para pagar e preocupar a mente, e ter o carro que me leva onde preciso e me satisfaz muito bem nas necessidades do momento.

Eu poderia reclamar de ter uma casa simples, sem forro ou laje, sem piso de cerâmica, pedras de ardósia, porcelanatos e tal, mas me sinto agradecido por ter onde morar, e pelo simples me deixar tão feliz.

Quantos, mundo afora não tem nem teto e nem paredes onde se acomodar, a não ser sob pontes e viadutos?

Eu poderia reclamar por não poder ir a restaurantes caros, por não comer pratos sofisticados, mas prefiro ser agradecido por ter o que me alimenta e sustenta o corpo e o espírito, e por compreender que ilusões somente enchem egos e esvaziam corações.

Sem falar que, como poderia ser tão ingrato, e reclamar, enquanto tenho com o que me alimentar, enquanto bilhões de pessoas mal tem o que comer, e definham e passam fome.

Eu poderia reclamar de tantas coisas...
Do frio, do calor, da dor, da não dor, da vida em si, etc..

Perspectivas!!!

Mas reclamar me levaria onde, a não ser à tristeza, sofrimento e dor?

Aprendi, que sorrir e ser grato, são a melhor pedida para se viver uma vida feliz, pois compreendi que felicidade não se compra, não se veste, não se dirige, não se come, não se bebe, e sim se vive na nudez do que, ou quem realmente nos tornamos e somos, ou ainda viremos a ser.

By Adalmir Oliveira Campos

Loucos Humanos


Loucos, somos nós os humanos!

Na insana corrida pela felicidade, 
se afogam em prazeres, 
e vivem ressuscitando, ressequidos 
de sede, à beira do rio.

By Adalmir Oliveira Campos

Amontoado

Eu sou um amontoado dos que vieram antes de mim, mas não sou os mesmos, muito menos serão eu, os que virão posteriormente. Somos c...

Meu álbum de Artes - Clique na imagem e seja direcionado ao álbum no facebook

Meu álbum de Artes - Clique na imagem e seja direcionado ao álbum no facebook
Artes em geral

Enviar para e-mail atualizações