domingo, 30 de março de 2014

Tudo passa


Tudo passa.
É a frase da vez.
É a frase certa pra se ter
na cabeceira da cama.
Tudo passa é certeza.
Para que então tanta soberba?
Para que tanta ambição?
Para que tanto egoismo?
Para que tantas riquezas?
Para que tanto trabalho,
se já é suficiente, o amor
e o pão?
Para que se achar e se colocar
melhor que o irmão?
Tudo passa, é certeza.
O mundo dá voltas.
E todos um dia vão para o tumulo.
E a frase na lapide
mesmo que não inscrita,
se faz presente.
"TUDO PASSA."
Mas o que se faz...
Cada ação, fica registrada, e o tempo
vem cobrar o que se semeou.
Tudo passa, menos as consequências
do que se plantou.
A colheita é certa...
E não é Deus o demônio e o culpado
pelo que vieres a colher...
No tudo passa, passa-se o tempo...
As sementes germinam, e infelizmente
muitas vezes se encerra em ranger .
de dentes.
Felizmente Deus conhece os corações
e concede alguns milagres...
Mas é certo que tudo passa.
Menos o que se cultiva no amor
na constância dos dias.
Tudo passa...
Até o ditado diz que, "até a uva passa
passa".
E tudo passa.
By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

quinta-feira, 27 de março de 2014

As laranjinhas (crônica)


Somos de um família do interior de Minas Gerais, daqueles nascidos e criados na roça, de parto normal, foram três, só eu que quis vir ao mundo, levando a minha mãe a usar de meios mais modernos.

Meu pai vaqueiro, minha mãe do lar.
Conta minha mãe que já morou em casa que a noite da cama dava-se para se ver as estrelas, e quando chovia, ia e levava a gente pra fora para ver se molhávamos menos.

Mas tudo foi um aprendizado para ela e para cada um de nós.
Mas minha mãe não permaneceu somente sendo "do lar" não.
Ralou muito como boia fria, na lavoura apanhando café, capinando lavouras, dentre outras coisas.

Assim conta minha mãe.
Ia fazendo algumas economias.
Aos domingos sempre tinha jogo de futebol na fazenda, ia caminhão cheio de pessoas da cidade e de outras regiões para os torneios e campeonatos. Eu era muito pequeno, mas ainda guardo vagas lembranças, fleches da infância.

E minha mãe viu nisto um oportunidade, começou a vender laranjinha e quitandas nos jogos, e também vendia "pinga", guaraná mineiro de garrafinha, e outras coisinhas que crianças adoram.

Mas por algumas implicâncias de invejosos, pois poucos ficam felizes vendo os outros vencerem na vida, e infelizes por não terem tido aquela ideia brilhante, proibiram a minha mãe de vender a pinguinha, hoje a famosa cachaça brasileira.

Mas minha mãe, foi mais esperta.
Fez da pinga laranjinha, essas que fazemos o suco e colocamos no saquinho para gelar e depois saboreamos com prazer.
Nunca se vendeu tanta laranjinha assim na vida, acredita minha mãe. Era cada marmanjo saindo com o saquinho de laranjinha na mão, que as economias de minha mãe e de meu pai foram melhorando, o que possibilitava nos darem vida melhor.

Com o tempo, minha mãe comprou um lote na beira da rodovia.
Eu tinha perto dos seis anos de idade. (faz muito tempo)
E minha mãe e meu pai, construíram um comodo e virou comerciante.

Depois de vender tanta laranjinha nos jogos e na lavoura minha mãe tinha seu próprio negócio, e num é que as coisas fluíram bem graças a Deus.

Hoje minha mãe ficou bem conhecida na região, quem vai lá pro lados de Coromandel sempre vai passar por perto e apontar para a venda da Aninha.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Mamãe vai ter um bebê, e meu irmão? (crônica)


A vida da gente dá livros e livros de histórias.
Que passam pelas dramáticas às de terror.

Conta minha mãe que em mil novecentos e bolinha,
estava grávida de minha irmã, e meu irmão mais velho
já estava crescidinho, e parecia um bichinho do mato.

Não ia no colo de ninguém, era manhoso, chorava
horrores, ou seja, o tempo todo.
Minha mãe era obrigada a sair com ele no colo, ir
para o quintal e andar com o mesmo no pomar,
só assim ele calava, e lá ia ela com aquele barrigão e meu
irmão no colo.

Quando chegava alguém estranho, ele estranhava.
Fica escondido por trás da barra da saia de minha mãe.
Nem tio, nem tia, nem avô, nem avó ele aceitava
que o pegasse.

Chegado o dia de minha mãe ganhar minha irmã,
começou a se arrumar, mas primeiro, deixou meu
irmão pronto, limpinho, cheiroso, impecável.

Estava ela a arrumar a sacola, as roupas e o enxoval
da minha irmã, e depois iriam para casa da minha avó, 
isso na região rural de Coromandel, na comunidade
de Douradinhos (minha irmã é douradinha rsrsrs),
tudo pronto.

O carro a carroça já estava preparada, tudo arrumado.
E minha mãe foi buscar meu irmão e grande foi a surpresa.
O menino estava brincando, acredite, com o próprio coco.
Coisa de criança, Freud explica. Ele passava o pente no coco
e vazia dele um gel, creme de passar no corpo e por ai vai.
Todo lambuzado.

Minha mãe disse que até chorou na hora, a vontade era de
bater no moleque.
Imagina só, ela com aquele barrigão, ao ponto de ganhar um
bebê tendo que ir para o banheiro lavar o moleque do meu
irmão.

Assim ela fez, coitada.
E foram para casa de minha vó. Conta ela, que sofreu muito
 e na madrugada, não aguentando de dor, e mesmo não 
querendo incomodar a minha avó, chamou-a e foram 
dar jeito de chamar a parteira que morava nas proximidades.

E não é que o danado do meu irmão acordou e começou a berrar
feito bezerro novo, e nada fazia ele calar.
Meu avó estava com a perna machucada e mancando e 
mesmo assim, durante todo o trabalho de parto, que não 
foi fácil, ficou com meu irmão no quintal e no colo.

Diz minha mãe que pensava que morreria naquele dia, 
de tão difícil que foi o parto. Mas num é que de manhãzinha 
já estava a dividir o colo com meu irmão mais velho?

É cada coisa que mãe passa nessa vida.
Mas com certeza ela não se arrepende, tudo que faz é 
para os filhos, e por amor a eles.

Depois da minha irmã veio outro meu irmão e por último 
e espaçado tempo eu, mas ai, são outras histórias.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Que sufoco - Crônica


Estava eu na correria do dia a dia como sempre.
Digo como sempre, pois sei que esta é a rotina de muitos
e muitos brasileiros e brasileiras por aí.

Saí de um dos meus trabalhos, pois tenho dois, peguei a moto, e fui para o outro. 

Vai daqui, vira dali, trânsito enfurecido. A cada dia as pessoas estão mais impacientes, intransigentes e "loucas" no trânsito, então todo cuidado é pouco.

Chego no segundo trabalho, este, à noite, por volta das dezoito horas. Estaciono a moto na rua e entro para a escola para assinar a folha de ponto, e depois quando o portão abrir, guardar a moto dentro da escola, pois deixar na rua, é incerto que a encontre quando sair do trabalho, pensei. 

Como de costume, fui para a biblioteca, abri a porta, acendi as luzes, abri as janelas, ajeitei as revistas e livros nos lugares, repus os livros faltosos no mostruário, liguei o computador, busquei minha água no bebedouro. 

E de repente coloco as mãos no bolso e nada de chave. 

Pensei "meu Deus, esqueci as chaves na moto, quando eu chegar lá será que vai estar no lugar? Nossa como posso fazer uma coisa dessas sou um idiota mesmo.

Ao sair desesperado olho para a porta da biblioteca e minhas chaves lá. Quase morri de rir, nem me lembrava que as chaves de casa e do trabalho ficam no molho de chaves da moto.

Guardei a moto, e trabalhei tranquilo graças a Deus,
tinha-se passado o susto.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Trabalho dignifica o homem?


Dizem que trabalho dignifica o homem.
Nisto concordo em partes.
Pois nem sempre isso é uma verdade.

Muito mais em se tratando de mundo
que se guia por sistemas insanos, e 
ideologias que sacaneiam, alienam 
e escravizam a humanidade.

O que seria dignidade?

Trabalhar o mês corrido para mal
dar conta de pagar as contas, e não ter
os direitos básicos garantidos?

Se isso for dignidade, concordo plenamente
com a frase proferida, de que o trabalho dignifica.

Mas os exemplos que vemos no dia a dia,
a este pensamento contraria.

Pobre, mal consegue o pão de cada dia.
Políticos se corrompem, e onde está a dignidade
em seu trabalho e viver?

Pobre rala, trampa, corre a semana inteira,
enfrenta lotações e lotações, andam a pé
os que não tem as condições de pagar uma
condução.

Se endividam por conta de terem um lar,
um carro ou moto, e a saúde e educação
ficam a desejar...

Promessas de campanha
de quem diz o povo amar.

E ainda incitam que o povo deve é trabalhar...
O trabalho dignifica o homem e seu viver,
muitas vezes não passa de Blá Blá Blá.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Colados


Seu corpo junto ao meu,
colados durante a noite.

Seus braços me laçam,
me enlação, e juntos somos um.

Seus lábios encontram os meus,
e no beijo, o encanto, o doce néctar
que atiça o prazer.

Somos assim dois seres que se
completam na união que faz bem.

Alento, acalanto, encanta e faz bem.
Amor gostoso assim, só eu e você
meu neném.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Lutas diárias, realização de sonhos


Tem noites que os sonhos me fazem rir.
São fantasias as mais diversas...

Me divirto durante toda a noite e ao acordar...

Isto, quando não os esqueço, embora
acorde de bom humor e a sorrir.

Triste são os pesadelos...

Mas em Deus sempre os venço.
E a vida segue ao acordar.

O dia promete realização de sonhos
que sonho acordado.

A luta é diária.
A luta é nos bons princípios.
O caminho é estreito.
A realização é lenta, mas acontece
nos parâmetros do amor.

Os alicerces são fortalecidos...
Tijolo a tijolo é colocado.
Por último vem o acabamento.

E a vida continua em seu processo
contínuo de construção, onde
somos construídos no que nos falta
buscando nossa completitude
humana...

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

quarta-feira, 26 de março de 2014

Por caminhos estreitos


Caminho estreito não quer dizer
sofrimento e dor.

Caminho estreito quer dizer conquistar
as coisas e o céu no amor.

Jesus disse ser difícil alcançar o céu.
Que os caminhos largos e fáceis levam
à perdição.

Governos e sistemas os mais diversos,
aproveitam deste pensar, para alienar
e escravizar a população...

Mas, caminho estreito é seguir a vida
ao oposto do que leva à perdição.

Caminho estreito, é vencer na vida
sem subtrair ao irmão, sem ser escroto,
sem ser corrupto, sem ser ladrão e
assim não colher o que não semeou.

Vida digna vem daí, de uma caminhada
no amor.
O caminho largo leva à uma falsa
dignidade, e ao mundo implanta só
maldade.

Caminhos largos nos afastam do céu.
Nos traz falsa felicidade, e no fim, no
implante da maldade nos deixa ao léu.

A vida em sua brevidade, deve ser vivida
em dignidade, viver o caminho estreito
nos eleva e promove a humanidade.

No mais, só felicidade!

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Chuva e frio...


A chuva veio e trouxe o frio.
Não posso reclamar.
Era tudo que eu queria.
Frio me anima, me inspira
e me trás paz.

É no frio que rendo mais.

Rendo mais no trabalho.
Rendo mais no amor.
Rendo mais em todos os
aspectos humanos.

Alguns preferem o calor.
Eu nem tanto, mais respeito
quem prefira.
No calor não tem jeito,
nem banho frio, nem ficar
nu resolve.

Já no frio, se este passa
um pouco da conta, uma
sopa, um chocolate quente,
um edredom, e um amor
pra dormir agarradinho
já esquenta e faz bem,
torna-se suportável e
agradável.

Calor e frio são necessários.
Ambos trazem benefícios e
e também não.

Mais é no amor que nos tornamos
mais irmãos, mantendo quente
o coração, abolindo o frio nas emoções
e nas ações.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Da vida, o que esperar?


O que esperar da vida?

Mesmo que tudo indique o contrário,
espere o melhor.

Pior do que está
não precisa ficar...

Pensar positivo e seguir em
frente já é meio caminho andado
para se sair do poço.

Fé em Deus, amor e boas ações,
nos levam, mesmo que em caminhos
difíceis, mas sólidos, alcançar
a realização dos sonhos!

Uma hora os céus também
ajudam e o milagre acontece,
e você alcança as estrelas.

Para tanto, cabeça erguida,
mesmo em lágrimas, curando feridas,
siga em frente...

A vida vai se acertando enquanto
a vivemos...

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Emoções e entregas


Se entregar às emoções às vezes
causa dor e sofrimentos.
Chegamos a pensar
que o cupido é contra nós.

Mas são escolhas, eu sei.
Alguns escolhem amar.
Outros escolher não amar.

Alguns escolhem corresponder
ao amor.
Alguns preferem não
corresponder.

Ficar em sofrimento ou não,
cabe a nós.

Nem o cupido, nem o outro,
nem o destino
são culpados.

As escolhas são pessoais.
Resta a sorte de as escolhas
serem compatíveis.

Amor e entrega sempre são
bem vindos.

Nunca erra quem se entrega.
Sempre ganhamos com nossas
experiências.

Uma hora tudo se acerta...
E o amor a dois acontece.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Juventude de hoje em dia


A juventude de hoje parece ter nascida conectada.
Já nascem sabendo de tudo.

São palavras que ouço diariamente.
Até parece que já nascem prontos e sabendo de tudo.

A juventude parece ter nascida conectada.
Mas não nasceu.

É o mundo, as pessoas e os pais que as colocam muito
precocemente diante das tecnologias, o que não julgo errôneo,
mas penso, seria melhor ponderar, ir mais devagar, dosar
a tecnologia com o tradicional.

Brincar, correr, fazer amigos também é importante.
Impor limites e ensinar a ser educado também, assim
como criar hábitos saudáveis como uma boa leitura,
higiene pessoal, hábitos de polidez, moral e civismo.

Estamos no século XXI, isso não significa que devemos
ser permissivos ao extremo com nossos tutelados.

O mundo não o é.

Devemos ter diálogo, estreitar as relações, mas é preciso
saber quem são as figuras de autoridade, a quem se deve o
respeito, e a hora que se deve brincar.

O mundo não é um parque de diversões.
Temos as alegrias e tristezas.
Sempre foi assim e assim sempre será.

Crianças e jovens possuem direitos,
mas em contrapartida possuem seus deveres.
E isso deve estar bem claro para ambos, tutelados
e tutores...

Os jovens estão à solta.
Estão à deriva, sem rumo, sem bases, sem objetivos
de vida.

Não se satisfazem com nada, e a educação levam 
em brincadeira.

E quem sofre é toda a sociedade...
Que se mantém refém dos filhos que tem gerado,
das más formações que tem oferecido.

Dar tudo nem sempre é a solução.
É preciso ensinar a pescar, já diziam os antigos.

É preciso dar um norte.
É preciso ensinar aos jovens a terem metas. As quais
devem buscar conquistar em suas vidas, e no mais, a não serem
egoístas se preocupando somente com o que ocorre entorno
de seu próprio umbigo.
O mundo e a coletividade são bem mais extensos.

Essa complexidade humana, infantil, juvenil e adulta
podem mesmo em meio às tecnologias existentes promover
gerações saudáveis e felizes, onde o bem e o amor prevaleçam
em contraposição à violência, corrupção e crimes hediondos.

Através da educação, ainda há jeito pra tudo.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

segunda-feira, 24 de março de 2014

Cuide-se...


Passando para desejar o meu bom dia 
e o desejo de uma abençoada semana!!

Cuide do corpo, cuide da mente.
Mas ao se cuidar, não pense ou
imagine somente a beleza exterior, esta
tão imposta pelas mídias, sistemas e moda.
Cuide-se para estar bem com você mesmo 
e de bem com a vida e o mundo!

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Mundo do Trânsito


No mundo do trânsito é preciso
educação.
Antes de apertar a buzina,
experimente pisar nos freios.

Com certeza será diminuído as
possibilidades de acidentes e
muitas vidas seguirão saudáveis
e felizes.

Educação cabe em qualquer
lugar...

Ter um carro,
moto,
caminhão,
ônibus, etc.
não te faz grande e melhor do
que ninguém.

Te faz responsável por vidas,
a começar pela sua.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Toda ação tem seu valor


Por mais insignificante que pareça 
uma ação, um verso, um texto, uma 
pintura, um trabalho artesanal, (etc.) 
ou até mesmo uma pessoa, 
temos algo a aprender.

São professores em nossas vidas, 
pois são ciências que brotam da alma
humana, na promoção constante 
do bem destes seres inacabados, 
chamados humanos, sempre 
em construção.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

É preciso escrever, faz bem!


Um dia sem escrever.
Um dia de angústia.

Escrever me acalma, é como ler,
faz bem pra alma.

Escrever é deixar as emoções,
sentimentos, pensamentos
e conhecimentos represados
desimpregnarem de nosso ser e
se materializarem no mundo em
que vivemos.

São emoções, sentimentos,
pensamentos e conhecimentos
que se multiplicam e fazem a vida
melhor.

Para tanto, basta crer.
Para tanto, basta ler.
Para tanto, é preciso viver.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Mágoas


Coração com mágoas, é coração cheio.
Fardo pesado que se carrega.
Fardo pesado que angustia e tira a paz.
Fardo pesado que ninguém merece.
Fardo este, que somente carrega quem
quer, no mais, Deus é quem carrega por nós.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Sonhar é bom e trás felicidade


O bom de sonhar, é acordar e ver 
que eles podem virar realidade.

Às vezes demora, mas um dia acontecem.

No mais, é Deus que tira do caminho
da gente, pois não nos faria
bem nem a nós, nem à coletividade.

Sonhos bons, são sonhos de amor.
Sonhos bons, não trazem maldade.
Sonhos bons, só multiplicam felicidade.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

E os peixes?


Hoje o mar não está pra peixe.
Mas o que me impede de continuar
a pescar e a apreciar a vista?

Uma hora os peixes veem.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Começando bem o dia


Um abraço, um beijo e eu acordo.
É você ao meu lado me dando carinho.
É você ao meu lado me desejando bom dia!

Sorriso safado.
Sorriso gostoso.
Sorriso de amor.

No tempo e em tempo carícias.
No tempo e em tempo, nós dois.
No tempo e em tempo,
esperanças de um depois.

Seguimos nossos rumos...
Buscamos realização de nossas rotinas.
Mas sabemos qual a nossa sina.
É dia distante um do outro.
É saudade e falas ao telefone.

Mas a noite o encontro, e a gente
mata a fome.
Fome um do outro.
Fome de amor.
Fome que saciada é apenas
a entrada de uma caminhada
a dois.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

quinta-feira, 20 de março de 2014

Obrigado!!

Passando para agradecer às 12.000 visualizações no meu blog.

É uma conquista que se faz com a participação de cada amigo e
 amiga, tanto do face, como de outras redes sociais e da vida real. 

Obrigadooooooooooooooooo!!!!!

Aproveite e convide amigos para conhecerem.
adalmir-campos.blogspot.com.br

(clique na foto para ampliar)

Maliciosa e meiga


Você com seu jeitinho meigo
me procura em seus desejos.

Às vezes no sono profundo nem
vejo...

Maliciosa faz carinho.
Diz palavras de amor ao pé
do meu ouvido.

No toque me desperta o desejo
e o amor acontece depois de um beijo.

Você sorri, fica toda contente.
E eu não fico atrás.
Te amar é bom demais.

Começar o dia melhor,
só com você e sua meiguice.

Um banho tudo novo, de novo,
um novo dia, e no amor e na sua
companhia, sigo em frente e
sou feliz, isso sim que é magia.

Magia de dois corações que se
entregam como a um conto de fadas,
e faz tudo para ter fins e sempre
recomeços felizes.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Jeito meigo


Sorriso e meiguice de criança.
Mas atitudes de mulher.

Sabe ser inocente e malvada
quando quer.

Me arrepia na cama, no sofá
e onde mais puder.

Me leva ao céu.
Me coloca de pé no chão.

Sempre e a toda hora toca
o meu coração.

São palavras, são atitudes
que demonstram muito amor.
Num sorriso já me ganha, e me tens
todo seu...

Sou pequeno escravo dos teus desejos.

Me usa, me abusa, mas sempre
no amor.

E eu que não sou bobo, nem nada,
me entrego e curto na união do teu
gozo ao meu.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Falta de você


Você se foi.
Bateu saudade.

Senti falta do teu sorriso.
Senti falta do teu abraço.
Senti falta do teu carinho.

Você se foi.
Bateu saudade.

Eu fiquei aqui sozinho.
Porta trancada.
Silêncio e vazio.

Teu sorriso enche tudo de graça.
Sua presença é mel que adoça
e alegra.
Você é quem me abraça, me cobre
de beijos e me leva ao céu.

Você se foi.
bateu saudade.

Ficar sozinho não me trás felicidade.
O bom é estar ao seu lado, aos beijos
e abraços.

Jogado fico no sofá, a pensar em ti.
Você se foi, bateu saudade.

Você é quem me trás felicidade.
Que bom, que é certo, que voltas
mais tarde.

No mais seria solidão, nostalgia, saudade.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Que seja sempre os dois


Um abraço gostoso pela manhã,
e estou pronto para viver mais um dia.

Teu cheiro me acompanha, e tua
lembrança me faz companhia.

Te trago no coração e na mente,
sem melosidades e melancolias.

Você é meu amor, minha magia.
Enche de alegria os meus dias.

Passo horas sem te ver.
A saudade contagia.
Só não desespero, pois sei
que me espera também.

Ao chegar em casa te vejo
e tudo recomeça de onde parou.
Nos teus beijos, nos teus braços
meu amor.

E a história se estende e é
a dois a felicidade que deixa contente.
A noite se vai, é uma criança, e nós
somos um parque de diversões,
nos embalos que se fazem a dois.

E no outro dia a rotina gostosa
recomeça agregada a novos cheiros,
a novos sabores, a novos gostos,
a novo amor, no mesmo amor,
vida gostosa eu e você, coisa boa
assim nem em comercial de TV.

É realidade boa de se viver,
espero que também seja pra você.
E que sejamos sempre os dois.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

quarta-feira, 19 de março de 2014

Ações


Um mundo novo se faz a partir
do mundo velho, nada se perde
tudo se transforma...

A vida se faz de histórias, de presente.
O futuro é o que se projeta no momento.
São das nossas ações do hoje que
teremos ou não um futuro melhor.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Tudo por seus beijos


O que não faço por teu beijo doce.
Faço de tudo um pouco.

Dou carinho.
Dou atenção.
Dou até meu coração.
Faço cafuné.

Na cama pra você levo café...

Satisfaço seus desejos.
Te faço amor daquele jeito.

Isso tudo e mais um pouco
para ter os seus doces beijos.

Secos,
Molhados,
De língua e com
mordidinhas.

Vale até aquelas bitoquinhas
e selinhos...

Só não vale ficar sem seus beijinhos.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Amor é assim...


Amor é assim, difícil de 
se explicar.
Amor é assim, é preciso
de ser vivido.

Amor é assim, ou é 
ações ou meras palavras.
Amor é assim, se é ação, 
promove felicidade 
e evolução.

Amor é assim, se só 
palavras, morre e 
trás tristezas em 
seu lugar.

Amor é assim, ou é 
ação ou não tem validade.

Amor é assim, sabe 
quem sente e espalha
o mesmo por onde 
passa, por onde vai.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Na ausência do amor


Quando se ausenta o amor, é provável
que outro sentimento tome o lugar.

Pode ser a saudade.
Pode ser a tristeza.
Pode ser a mágoa ou
ódio até.

Mas é bom que se busque a cura
no auto amor...

Sentimentos anti amor trazem males
ao coração, enegrece a alma e afasta
do céu.

Que o amor seja o rumo, o prumo.
E que o coração seja limpo e consciente
de que sempre é possível se abrir a
um novo amor, e inundar a vida
de sentimentos os mais diversos,
que fazem da vida poemas em prosa
e versos, bons de ler, bons para refletir,
bons de viver.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Amor é assim


Amor é assim, difícil de
se explicar.
Amor é assim, é preciso
de ser vivido.

Amor é assim, ou é ações
ou meras palavras.
Amor é assim, se é ação,
promove felicidade
e evolução.

Amor é assim, se só palavras,
morre e trás tristezas
em seu lugar.

Amor é assim, ou é ação
ou não tem validade.

Amor é assim, sabe quem
sente e espalha
o mesmo por onde passa,
por onde vai.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Essência de amor em ação


Algumas músicas se tornam 
clássicas e eternas.
Assim como alguns livros e 
pessoas.

Foram produções e vidas 
sinceras, que promoveram
grandes benefícios à sociedade, 
e ainda promovem,
visto que os conhecimentos, 
verdades e ideologias são
sempre atualizados e presentes 
na vida das pessoas no tempo
 resente.

São com certeza essência de
amor em ação.
Suaves perfumes e notas que
se eternizam em cada coração, 
de geração em geração.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Perfume atraente

(clique na imagem para ampliar)

Ao seu tempo


Não se força o abrir da rosa,
pois esta se espedaça e não se abre
em roda.

Assim é com o ser humano.

Todos se abrem e evoluem no tempo
que convém, quando há prontidão, e 
condições apropriadas para se abrirem.

Evolução exige paciência e tempo.
E cabe o amor.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Vida


O que é a vida senão o espaço de 
tempo entre o nascimento e a morte?

Então aproveite melhor este tempo 
no amor e no bem.
Pois só aí terás a certeza de que 
ganharás o céu.

O tempo de vida é diferente para 
cada um de nós.
Alguns duram breve instante.
Outros longos anos.

Aproveite-o da melhor maneira 
possível.
Ame, viva o amor, leve o amor, 

faça do amor
ações mundo afora, sejas feliz...

Somente assim a vida terá valido

a pena,
seja do tamanho que for.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

É certa a vinda do arco iris


O céu torna-se mais belo com 
o brilho do sol durante o dia.

O céu torna-se mais belo com 
o brilho da lua durante a noite.

O céu torna-se mais belo quando
cheio de nuvens e chuvoso.

O céu se torna mais belo sempre,
desde que olhado com os olhos
do amor...

Assim é a vida, o caminhar, 
e o viver.

No amor, sempre belo, mesmo 
caminhando por entre tempestades!!
Pois é certo a vinda do arco iris.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Amei, amei, amo


Amei, amei e amei.
Mas ainda amo.

Pois amar é o que dá sentido à vida
e faz ser feliz...

No amor a vida e o caminhar são
mais tranquilos, e chegar ao céu
se torna mais fácil e possível.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Amar e coçar...


Amar e coçar...
Só começar.

Mas não somente falar.

É preciso amar e coçar.
Só assim o amor e a coceira
satisfazem e causam prazer.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

terça-feira, 18 de março de 2014

Amor essencial


Amor, amor e amor.

Falar de amor não é fácil,
mais difícil ainda é viver
o mesmo.

Mas o amor, haaaaa
Este é essencial para a vida.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blog spot.com.br

Ausência e saudade


Saudade tenho de você quando
se ausenta e vai para o trabalho.

Saudades tenho de você quando
se ausenta e vai jogar futebol.

Saudades eu tenho de você,
quando sai com os amigos
e não me leva.

Saudades eu tenho de você, quando
vai ao banheiro e se demora.

Saudades eu tenho de você a toda hora.

O que fazer se sou assim tão meloso
e carente?

Queira eu fôssemos siameses.
Sempre juntinhos um com o outro,
o que seria cada dia mais completo
neste amor.

By Adalmir Oliviera Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Livres no amor


Não me sinto escravo do seu amor.
Me sinto liberto deste.

Pois se fosse escravo, estaria preso,
e obrigação seria o este amor.
Te amo por ser livre, e livre
é o meu querer.
E juntos somos, dois pássaros
juntos a cruzar os céus diariamente.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Não à meia paz


Às vezes tento ficar em paz.
Mas é cousa difícil de manter.

Paz é para todos, e assim é
bom que seja, senão é meia paz.

Somos liga um dos outros
e mesmo que algumas
correntes digam o contrário.
O que um faz, interfere no
outro e assim sucessivamente.

Sei que não posso mudar
o mundo e conquistar a
minha paz, mas posso
sonhar um mundo melhor
e buscar promover esta
paz.
Que somada à luta de outros
vai se erguendo, fortalecendo,
ampliando e tornando paz inteira,
deixando de ser meia paz.

De meia paz.
De meio amor.
De meia bondade.
de meia verdade.
de meia ajuda.
De meia...
O mundo já está cheio.
Precisamos é buscar
unir as partes e fazer
as coisas por inteiro.

Tudo começa na ação
diária, mesmo que pequena,
mas constante...

Que possamos viver por
inteiro, pois já temos sido
metades por muito tempo.

É preciso compaixão,
para buscar ser inteiro.
Buscar ser inteiro é
se integrar ao outro, acolher,
incluir, respeitar, para
quem sabe um dia aceitar.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Dia da Escola


Dia quinze de março
comemora-se o dia
da escola.

Lugar por onde passam
diariamente, ano após
ano, gerações e gerações.

Quantas histórias.
Quantas memórias.
O que não falariam
as paredes das mesmas
se pudessem falar.

Quantos choros.
Quantos risos.
Quantas conquistas.
Quanto desperdício.
Quantas formações.
(e por ai vai).

É bom lembrar que
escola não são somente
prédios.

Escola é, e se faz
de pessoas, das quais
correm sangue nas veias,
e assim sendo são movidas
pelas emoções, pelos
sentimentos, pela razão,
e pelo conhecimento
comum e científico.

Escola é um lugar onde se
trocam emoções.
Escola é um lugar onde
aprendem, tanto quem ensina,
tanto quanto quem está para
aprender.

Escola se guia por emoções,
pensamentos, razão, conhecimentos,
sabedoria e amor. (ou ao menos
poderia ser assim)

Escola deve ser o lugar onde
os professores amem ir para
trabalhar e os alunos amem ir
para estudar...
Quem ganha, o mundo e as
pessoas de um modo geral.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Malditas "burrocracias" e "trabalho"


Este mundo nos distancia
de quem amamos.
Nos impõem horários, regras,
"burrocracias" e muito trabalho.

O sistema nunca se dá por satisfeito.

Mulher começou a trabalhar por querer
ser valorizada e ter seu destaque e
lugar na sociedade, hoje já trabalha por
compulsoriedade pois só o homem
já não é capaz de trazer o alimento
pra casa.

Pais e filhos são visitas em seus lares.
Se dão bom dia.
Se dão (com sorte) boa tarde.
Se dão boa noite e vão dormir.
Noutro dia tudo se repete,
continuamente e sucessivamente,
com escassas pausas e recessos.

E dizem que é o trabalho que
dignifica o homem.

Que dignidade é esta que
afasta famílias, amigos, distancia
as pessoas de si próprias, do seu
próximo e de Deus?

Felizes são os macacos e passarinhos.

Acredito serem inteligentes também.
Só tem suas vidas atrapalhadas por causa
das ações do homem, caso contrário
não lhes faltaria comida e nem moradia.

Felizes são eles, são simples em seu viver.
Tiram da natureza o que comem e
o que precisam para se manter.
E são felizes e "dignos".

Não são escravos de burocracias,
trabalho excessivo, mídias, computadores,
celulares, jogos, televisão, (etc.) e sobrevivem
a milhares de anos.

Estão sempre com seus pares.
Possuem tempo para "educarem"
seus filhotes, e os colocam prontos
para seguirem a vida em frente.

Creio serem muito felizes e menos
estressados do que gente.

Mas são pensamentos de poeta.
Imaginação, sonhos.

Não que eu seja contra o trabalho.
Sou muito a favor.

Só penso que tanto a escola quanto o
trabalho deveriam nos dar um
tratamento digno para que fossem
em nossas vidas mais do que
obrigações, mais do que imposições,
e despertassem em cada um de nós,
trabalhadores e aprendizes o desejo
de voltar no outro dia para realizar
algo que realmente traga dignidade
ao viver.

Dignidade é elevar a vida humana.
Dignidade não é o que se vê por aí.
O que vejo é escravidão branca.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Reais belezas


A mais bela arte nasce do amor.
Assim como tudo de belo
e harmonioso que existe no mundo.

Não falo aqui de belezas exteriores,
e sim das belezas do coração que
somente são percebidas através
da sensibilidade para enxergar
o belo.

Cada dia que passa, cegos surgem
no mundo, enfeitiçados pela fumaça
das mídias e ideologias de beleza
que tentam impor como padrões.

Esta beleza é perecível.
Vai-se com o tempo.

É preciso mais que aparências
externas, maquiagens, joias,
perfumes, carros, roupas de grife.

É preciso conteúdo, e conteúdo
não se vende em shoppings.
Se conquista no dia a dia
nas vivências e relações
no amor e dignidade humana.

Que busquemos ser pessoas
de conteúdo, e que a beleza
primeiramente venha do interior
e se manifeste no amor através
de nosso viver e nossas ações
no mundo e com as pessoas.

Antes de buscar ser uma pessoa
de extraordinária beleza, busque
ser uma pessoa extraordinariamente
cheia de conteúdos, com certeza a
beleza vem por consequência.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Boas sementes


Embora meus sonhos eu
não venha colher um dia.
Não deixo de sonhá-los.

É certo que as boas sementes
que planto, um dia germinarão,
assim como as ruins, visto que
não sou perfeito.

Os frutos vem dia a dia.
Alguns demoraram mais para
amadurecerem, outros nem tanto.

Mas o importante não é só colher...
O importante é semear sempre.

Com certeza todos ganham,
principalmente quando se planta
o bem com bases e fundamentos
no amor.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

sábado, 15 de março de 2014

O trabalho movimenta o mundo


O trabalho cansa o corpo.

O trabalho faz render lucros
e dinheiro.

O trabalho faz o mundo
se movimentar.

Mas de que adianta o trabalho,
se no mundo não aprenderem
a amar.

O que é o homem sem o amor.
Nem poeira ao vento.
Nem barro.
Nem nada,
pura não existência.

Um porvir que só se fará real
no amor, e no amor em ação.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Leitura


Leia mais.
Ler faz bem.

Você aprende e conhece
o mundo sem ao menos
sair do lugar.

E se torna mais cheio de
conhecimentos e quem sabe
adquira e amplie a sabedoria.

É uma busca incessante...
É uma busca ao maior tesouro.
É uma busca que nos faz o próprio
ouro, no valor e grandeza, mas
que nenhuma traça ou ferrugem,
ou ladrão podem roubar ou corroer.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Beleza maior


A maior beleza já foi poetizada
por muitos, e nem sempre está
nas curvas de uma bela mulher,
nem nos músculos de um belo
homem.

Encontra-se no coração de cada
um.

Só quem tem olhos para ver
é quem enxerga...

É uma beleza que o tempo
jamais consegue corromper,
pois só amplia com as influências
do tempo e das aprendizagens
e conhecimentos que se adquiri
no caminhar cotidiano.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Ações



Eu falo.
Tu falas.
Ele fala.
Nós falamos.

Ninguém ouve.

Eu ajo.
Tu ages.
Ele age.
Nós agimos.

Os sentidos aguçam.
Ouvem, veem, sentem
cheiros, gostos, o tato
ao toque.

O mundo muda.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Operários


Tem gente que pensa, que pensar
não cansa.
Tem gente que pensa, que escrever
é hobby.
Tem gente que pensa, que ser
artista é estar em constante terapia.

Assim feito a pequena história da
formiga e a cigarra.

Na moral da história, só a formiga
ganha a glória...
Mas ambas trabalham no que
tinham de melhor a oferecer.
Dispensavam seu tempo e se
colocavam a serviço.

É certo que todos ganham quando
prestam aquilo que tem de melhor.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br