quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Paz, é tudo que precisamos


Sabe do que realmente precisamos em qualquer
situação?

PAZ!

A vida já trás as outras coisas de brinde.
Sejam alegrias ou tristezas, elas vem.

É na paz que aprendemos a dar valor
a tudo isso, e assim deslumbramos
os por quês...

Deus se revela nesta paz, pois é quando
realmente podemos ouvi-lo com clareza.

Tendo paz, a vida se torna mais suave,
mais animada, com mais cor e pode-se
até sentir o seu doce sabor.

Em busca da paz e vc?

BOM DIA!

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

O mundo carece de homens/anjos


Ainda existem pessoas de bom coração.
Pessoas do tipo que acreditam no amor.
Pessoas que se entregam verdadeiramente,
sem medos e sem reservas.

Talvez seja por não terem levado muitos
sacolejos da vida, talvez por serem assim
mesmo, espontâneas e sinceras no amar.

Invejo pessoas assim.Queria eu saber
amar, e deitar amor em sonhos, como
quem se joga de um prédio por confiar
que o outro irá agarrá-la nos braços e
salvá-la de um fim derradeiro.

Pessoas assim, merecem ser felizes,
amadas, queridas e cuidadas como
diamantes que são.

O mundo está carente de pessoas assim.
Almas puras, como as de crianças, mesmo
em corpos já adultos.

Deixam destacado o vazio quando ausentes.
Cantam e encantam quando presentes.
Sua simples e doce presença encanta.
Faz amizades com facilidade, cativam e
conquistam as pessoas.

Verdadeiros anjos que fazem bem ao
coração, e cabem sempre no seleto
(pequeno) grupo de amizades.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Voltar a ser criança


Sabe, às vezes sinto saudades de
quando a minha preocupação era,
a que horas começava a sessão
da tarde e a novela das oito.

Infância que não volta.
Se você ainda vive neste estado
de graça, aproveite!

A vida adulta não é de todo ruim.
Mas garanto que as preocupações
vão além de um simples teclar
de botões da televisão.

Crescer pode ser maravilhoso.
Mas crescer em um mundo que
ti suga e diminui a cada dia, que
banaliza a vida e faz com que a
felicidade se baseie no dinheiro,
na violência e no desrespeito, pode
ser um verdadeiro inferno.

O mundo dos adultos precisa
urgentemente deste mundo das
crianças, de forma a se encher
de mais sonhos, fantasias, sorrisos
sinceros e valorização do outro
pelo que ele é, e não pelo que
ele tem a oferecer ou ainda pelo
status que ostenta.

O mundo dos adultos precisa
urgentemente se espelhar neste
mundo infantil, se enchendo de cor
e graça, tornando o viver menos
nostálgico, menos corrido e estressante.

Crianças (não poluídas ainda) possuem
a mente sã... Se alegram com abraços,
se alegram com um sorrisos, se alegram
com o carinho do pai, da mãe, dos avós
e dos amiguinhos.

Não importam para eles a obesidade,
a magreza, a cor da pele, a religião, o
partido político, o time de futebol, a
orientação sexual (etc.).

O que realmente importa é o bem e o amor
que o outro tem a oferecer, o qual se torna
incorruptível, nas visões e ações infantis,
que perdoam fácil, que não guardam mágoas
e o mais importante, sabem dividir e promover
eternos sorrisos e felicidade.

Salve os pequeninos, pois deles, é o
Reino dos Céus. Mas jamais deixe de
educá-los para que não venham a si
esquecer disto, pois mesmos crescidos,
são estas crianças amadas pelo Pai.

Mal educadas correm o risco de si distanciarem
do céu, este, que se inicia aqui mesmo nas
experiências de viver terreno, verdadeira
peregrinação para o mundo da Luz.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Inteirezas


Estava a caminhar la fora.
Até parecia que o calor tinha amenizado
um pouco.

Pude sentir levemente uma brisa
refrescante, mesmo entre suores.

Caminhar firme, pensamentos difusos,
às vezes confusos, às vezes de
resgate da fé...

Um passo, respiração ritmada, coração
a mil.

Quantas vezes confundi fé com
expectativas, só de pensar, fico
estarrecido, mas também suas significâncias
são tão próximas que quase se misturam.

Investi sonhos, colhi pesadelos!
Mas o corpo e a mente exigem o
caminhar, exigem a saída do lugar.

O pensar deixa a ordem,
que não se pode parar.
É preciso seguir em frente.

Deixar as lágrimas caírem.
Deixar as lágrimas secarem.
Deixar o sorriso surgir.
Arregaçar as mangas e recomeçar.

Seja como for.
A laranja precisa se restabelecer,
precisa recuperar o caldo, o cheiro,
o gosto, a firmeza, a umidade, a
casca, e assim tornar-se inteira.

Pois é somente na sua inteireza
que se torna capaz de doar-se,
de dividir-se, de tornar-se um com
o outro.

Mundos não se formam de metades,
e sim de inteirezas.

E a noite chega calmamente, a brisa
insiste em refrescar a cuca dos que
põem a cabeça para fora de suas
prisões.

O mundo visível e conhecido vai
se vestido de noite, uma noiva às
avessas, diminuindo as cores,
formando sombras que se escondem
por trás das luzes artificiais.

A lua não se vê no céu.
As estrelas são poucas em territórios
urbanos, mas estão lá com toda a
sua intensidade.

Chamam-nos, gritam-nos até.
Revelam sutilmente a certeza
do amanhã.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

sábado, 17 de janeiro de 2015

Calorzinho infernal, culpa da Dilma.


A noite caiu.
As estrelas deram o ar da graça!
A lua talvez apareça.
Mas é certo, é escuro lá fora.

Os animais noturnos se põem
em ação, e muitos humanos
também...

Tem pessoas que são movidas
à vida noturna, e que mal há nisso?
Cada um vive no que lhe faz bem,
desde que não faça mal a ninguém.

Mas dizem, e acredito, nada melhor
que uma boa noite de sono, e durante
o dia o uso do bom protetor solar.

Mas voltemos à noite, calor intenso,
onde nem ao menos o bom ventinho
tem dado o ar da graça, dirá a chuva
que a alguns dias anda sumida.

Só acentua este inferno astral.
Dormir já é um tormento onde quem
faz a festa são as muriçocas sangue-
sugas e oportunistas, que nos beiram
no seu zum zum, orquestra nada
romântica, de um ritual de sangue,
onde quem ganha é somente o
tal inseto.

E a culpa é de quem?
Deve ser da Dilma com certeza, dizem
os PMDbistas.

Quando na verdade é de cada um
que se opõe a um melhor cuidado
com o meio ambiente, na busca
incessante de modernidade, boa
vida, tecnologias e futilidades...

A noite poderia ser romântica,
mas sem um ar condicionado,
um bom ventilador, ou ainda
meter a cara e o corpo dentro da
geladeira é meio impossível.

Sei lá, até parece que o mundo vai
acabar em fogo, e a noite continua
e por incrível que pareça, parece
muito, mas muito mais longa nesse
calorão.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Preciso olhar para o alto


As estrelas brilham no céu.
É lindo o espetáculo!

O sol, em sua majestade, também
faz deste espaço sua morada, e
a todos contagia com seu brilho
intenso e calor. (nos últimos dias,
até demais)

Dizem que tudo o que há, é pó
que veio de lá também e evoluiu
ao estado de seres viventes que
encontramos hoje e que já passaram
por aqui.

Embora, minha fé, me leva a crer
que é Deus que movimenta este
"pó" todo e  trás a vida.

Aí fica a pergunta.
Se tudo que é tão belo fica ou veio
do espaço, do céu e além, por que
insistimos em olhar para baixo?

Do chão que pisamos, ou da cova que
cavamos, se os mirarmos, deles não
passaremos, e para eles será
a nossa sina, provavelmente não
sairemos, pois o olhar nos atrai, e nos
absolve ou nos condena.

Que a vida nos abra os olhos,
e que Deus nos abra o coração, e que
nosso olhar seja sempre para as estrelas.
É difícil aprendizado, mas à esta escola
chamada vida, compete nos ensinar.

Será que estamos dispostos a aprender?
O tempo e a história que faremos
ao viver nos dirá...

Mas tudo tem seu tempo e só tem início com
a abertura do coração.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmirolivieracampos.blogspot.com.br

Prece/ oração


Para onde ir?
Olho para os lados e vejo esgotada
as possibilidades.
Já tentei de tudo!

Para onde ir?
A vida tem parecido um labirinto.
Quando mais me mexo e ando,
mais perdido pareço ficar.

Para onde ir?
Ou devo ficar onde estou?
Será tempo de montar acampamento
e esperar?

Seria uma prova do Senhor,
um teste de fé e de amor?

Tempestade que se alonga...
Consequências do que semeei,
e outras que herdei de presente.
Frutos do que plantei, e joio que
jogaram em meu trigal.

Confusão descomunal.
Mas que bom saber, depois das
grandes tempestades sempre
vem a bonança.

Às vezes a questão seja olhar
para o alto!
Às vezes a solução é ser paciente
e saber esperar, e ter a certeza que
embora demore, a chuva tende a
cessar.

Pai em tuas mãos entrego meu ser,
em tuas mãos entrego meu viver,
em tuas mãos me entrego, e que nesta
espera, neste acampar, seus anjos
possam sempre estar em vigília.

Que eu saiba tirar o melhor proveito
tanto das tempestades, quanto do sol
que virá em seguida.

Ainda me sinto cego!

Me ensine a ver com Teus Olhos Senhor,
e que eu venha a ser verdadeiramente visitado
pelo seu amor e que ele para sempre faça
morada em meu coração e eu no Teu.

by Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Preocupações...


Às vezes me vejo culpado por não
aceitar certas coisas em minha vida.

Dizem, que quem planta colhe, e acredito
não tenho plantado tantas coisas ruins
assim.

Deve ter alguma coisa errada só pode,
ou me conheço tão pouco assim?

Sou daqueles que leva a sério velhos
ditados, tipo assim: "quem cedo madruga
Deus ajuda", "se quer algo, corra atrás",
"nada vem de mão beijada, trabalhe",
"faça o bem sem olhar a quem", "distribua
amor por onde for".

Será que tenho aplicado errado estes
ensinamentos? Será que não tem poder
a força do meu pensamento, ou ainda,
o SEGREDO que pregam, não vale para
mim?

No mundo em que vivo, o que vejo
parece ser uma inversão de valores,
a qual passa a ideia e a imagem de que
ser corrupto, imoral, mal educado e
desumano é que tem um lugar especial.

São aplaudidos constantemente, se
tornam ídolos, se enriquecem e vivem
farturamente, visto que política tem sido
disputada a tapa, onde para alcançar
o poder é tudo válido.

Valores hoje em dia, parecem voltados
para esta imagem de ostentação, onde
o que implica são o dinheiro, as jóias,
as roupas finas, as regalias do poder,
a fama, os tapetes vermelhos, a corrupção,
a violência, o sexo e as drogas.

As vezes me sinto no cenário de Sodoma
e Gomorra, e tudo parece normal, natural,
banal, e a saúde, a família (real), a educação,
e o respeito (...)?

A escravidão ainda insiste de forma
branca, de forma branda, maquiada por
salários mínimos, por carteiras assinadas,
por empréstimos a perder de vista, seja
da casa própria, do carrinho popular, ou
daquela tão sonhada viagem.

E as chibatadas vem dos poderes escolhidos
que ao invés de representarem a nação,
representam-se a si mesmos, e quem paga
a conta são a massa no que doem os juros e
os impostos.

Sempre falta capital para aumento do salário
do pobre, mas nunca há oposição para o aumento
da renda do político e do rico, e eles ainda riem
em nossas face.

Concorda comigo que algo está errado?
Penso que sim, muitos tem colhido do que tenho
plantado, e pior ainda, eles tem colhido somente
a colheita da boa semente, e eu ficado com
as consequências do mal que fazem.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmirolivieracampos.blogspot.com.br

Políticas do partido A, do partido B


Estes dias vi um comentário e achei estranho,
o mesmo ocorreu em uma página da internet
aqui da minha cidade, onde dois "oponentes"
de partido A e B pareciam dois gladiadores,
a levar "informação" aos mais de cinco mil
adeptos ao grupo.

"Você parece um poeta, fulano".
Me senti ofendido de cara...

Mas preferi não entrar naquela discussão boba,
infantil e mesquinha. Também, se entrasse, seria
apedrejado por colocar a minha opinião, é que
por falta de argumentos convincentes de que
o político que representa o partido A ou o partido B
são os mais indicados à presidência da republica,
com certeza me xingariam de vagabundo ou outra
coisa, como o fizeram outras vezes, para repelir,
jugando-se vencedores do "debate" em questão.


Mas a verdade é que os partidos A e B, a direita
e a esquerda estão tão preocupados em manter
o regime implantado pelos fundadores do Brasil,
que nos dá a real sensação da verdade de que
querem somente o bem para si, não estando
preparados nem para chefiarem suas próprias
residências, quiçá uma Nação.


Mas para os desinformados, poetas não são
sonhadores de utopias, ou seja, do impossível,
são formadores de opinião, e buscam retratar
a vida de um modo diferente, onde
o quociente emocional é levado em conta,
sendo confrontado com conhecimentos poéticos
que desestruturam o pensar, e o reestrutura na
promoção do ser humano através de novos
aprendizados, os quais, ficam nas entrelinhas,
que podem ser lidas, sentidas e aprendidas
por almas que são sensíveis.

Poetas são pensadores de todos os tempos.
São meio que filósofos e um mister de profetas!

E em seu pensar não cabem opiniões mesquinhas
e infundadas que só denigrem o humano no seu
viver em humanidade, muito pelo contrário,
visam a superação humana, através da prática
e vivência do amor.

Por verem o amor como poesia ou utopia, é que
a política, o humano e a vida estão do jeito que
estão: tão ocos, vazios e banalizados.

A função do poeta é alertar para esta questão
e trazer à vida a nação, a qual também se faz
na união, no diálogo e nas boas ações, e confirmar
que sim, o ser humano tem valor, que sim, o
pobre tem valor, que sim, as massas que movem
o mundo, mesmo que anônimas, são a verdadeira
forma de mudanças e transformação e sim, possuem
muitíssimo valor.

O que é banal, são estas discussões fúteis que
não levam a nada, embora infelizmente causem
ibope... Mas fica o alerta, uma Nação não é uma
emissora de TV ou de Rádio para viver de ibope,
o "povo" precisa mais do que isso para viver.

O que cabe à oposição, é cumprir o seu papel
de se opor, mas não do que não lhe é favorável,
enquanto não benefício à sua legenda, e sim ao
que não é favorável enquanto não benefício à
população à qual representa.

Partidos políticos existem para representarem o
povo e para lutarem em prol de benefícios e
outros que favoreçam aos mesmo, e não para
representarem-se a si mesmos em enriquecimento
ilícitos, e ações corruptas e desumanas.

O povo merece  o melhor, caso contrário para
que serviriam as leis e as políticas instituídas?

By Adalmir oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Dia após dia!


Nada melhor do que um dia após o outro.
Palavras ditas, palavras ouvidas, lidas.

Muitos aceitam, outros não.
Mas que são verdades imutáveis,
isso, são!

Há dias em que pensamos: __ Mas o que
de ruim falta acontecer para piorar?

E toda descrita filosofia acima parece
neutra.

Aí vem o velho Chico e nos surpreende:
Não temas "tudo passa".

Nada é eterno, por melhor ou pior que
seja, vivemos em um mundo onde os
altos e baixos são uma constante, o
que também nos iguala na condição
humana.

O que nos resta, é seguir em frente,
e diga-se de passagem, de mãos
dadas em comunhão com os nossos
semelhantes é bem mais fácil.

Uma andorinha somente não faz verão.
Mas todas juntas movimentam todas
as estações da vida.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

É preciso seguir em frente...


Muitas batalhas eu venci nesta vida.
Também tive muitas derrotas.
Não nego que tenho tido que matar
vários leões por dia...

Disso tudo, sabe o que tenho aprendido?

Sempre é preciso seguir em frente, mesmo
que a vontade e situações que vivamos, nos
levem a querer voltar ao útero de mãe.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Poetas e Palhaços


Dizem que poeta produz mais quando sofre.
Dizem que poeta produz mais quando ama.
Dizem que poeta produz mais quando sua
sensibilidade está à flor da pele.

Dito isso, é verdade absoluta, que não fique
o dito por não dito...

Mas na real, poeta que se preza, está sempre
a escrever. Os assuntos a poetizar são tantos,
quem diz que poeta só fala de amor, de sofrimento
e dor?

Poeta fala de tudo o que incomoda, de tudo o
que está ao seu entorno, à sua volta, e no mundo
que o cerca.

Não fala de pessoas, fala para as pessoas.
Seu objetivo maior não são fofocas,  e sim
cultura.

São tantas pessoas perdidas neste mundo.
São tantas pessoas sofridas que necessitam
uma palavra que as conforte, reconforte e as
fortaleça.

E o poeta, tem tudo que estas almas precisam,
no que suas mãos se põem a escrever.

Poesias, versos e mais versos, ruminados,
vividos, sentidos. Estes trazem em seu bojo
as marcas do que sofreu,  o que vai ao encontro
ao que a humanidade sofre diariamente neste
mundo de aprendizados.

Palavras lidas, corações e almas que se cruzam,
trocam informações, aprendem e evoluem.

Engana-se quem diz que poesias são balelas
de donzelas apegadas aos contos de fadas.
São leigos apenas, destruidores de sonhos talvez.
A poesia pode não trazer o "felizes para sempre",
mas pode conduzir ao feliz de cada dia.

Pois é ao que se propõe.
Lágrimas, sofrimento e dor,
bem como sorrisos, alegrias e cura,
fazem parte da vida, e a poesia evidência isto,
e nos acrescenta que o ser humano só evolui se
passar por todas as etapas de "lapidação humana",
o que consiste a própria vida, esta verdadeira
fábrica de estrelas, que um dia, estarão dispostas
em constelação.

Poetas e palhaços tem muito em comum.
Levam muito de sim,  de seus conhecimentos, seus
sorrisos e alegrias, mesmo que para isso neguem
o que se passa em seu interior.

By Adalmir oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmirolivieracampos.blogspot.com.br

sábado, 10 de janeiro de 2015

Amor com sabor de quibe


Amar é como fazer quibe.

É preciso calor para amolecer o coração.
É preciso, coar as emoções retirando os
excessos que só atrasam...

É preciso temperar, e botar aquele segredinho
de família!

Depois sovar, sovar, sovar...
Incorporando todos os ingredientes de modo
a homogeneizar os sentimentos e as emoções.

E pode ser servido de vários modos,
ao irmão, ao amigo, ao namorado, à namorada,
ao pai, à mãe, ao avô à avó, e assim por diante.

O amor, assim como o quibe, é bom de qualquer
modo, seja cru ou cozido, seja bem temperado,
ou mais suave no tempero.

Ambos, possuem sabor.
Ambos, deixam sempre gostinho de
quero mais.

Sei que há aqueles que não gostam de
quibe e podem não concordar, mas em
se tratando de amor, convenhamos,
quanto mais, melhor!

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br


terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Em busca de um dia lindo!


Um dia lindo pode ser:

Um dia chuvoso;
Um dia ensolarado;
Um dia nublado;
Um dia com ventos;
Um dia com tudo isso acima
e um pouco mais...

Depende dos olhos de quem vê.
Depende da alma que sente...
Depende da vontade da gente.
Do humor, do bom humor, do querer
também.

Aliás, é meio estranho de falar,
complexo e confuso de entender.
Mas um bom dia só começa e
só depende de você.

A escolha é sua...
Os problemas virão de todo modo.

É a sua atitude e escolha diante
dos mesmos, que fará o dia belo
e colorido, ou simples em preto e branco.

A escolha do que semeias é sempre
de quem planta... E a colheita não é
diferente do que se plantou.

Mesmo que doa, as pedradas para
retirarem dos seus frutos, não desanimes,
somente árvores que dão frutos bons é que
são alvejadas por pedras.

E geralmente se tornam inesquecíveis
no coração daqueles que saboreiam...

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspo.com.br

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Reflexos de algo Maior


Espelho, espelho meu, existe alguém
no mundo que erra mais do que eu?

__Em resposta à sua pergunta, não
posso fugir à verdade.  Há muitos, que
erram mais do que você, o que vai além
da sua imaginação, bem como
há muitos que perto de você, são santos.

Não se entristeças, nem tão pouco se
alegre por demais, é certo, ninguém
é melhor que ninguém.

A escola da vida segue em frente e
jamais volta atrás...

A todos é dada a oportunidade...
Bem como a salvação.

O erro não é o termômetro ou a medida
exata para condenação e ou absolvição.
Há mais entre o céu e a terra, que possam
entender as vãs filosofias.

O que não vale, é se achar melhor,
nem tão pouco se achar pior...
Agindo assim, se pondo como juiz,
banalizando o ser errante, doravante,
caminhante como você.

Tudo caminha para a perfeição.
Somos reflexos de um mundo maior,
de um mundo melhor, de um mundo
que dá o tempo certo para que o carvão
se torne diamante, e o ser errante se
torne mais assertivo.

Você acha que sempre foi melhor do
que muitos, e pior do que outros?
O caminho é longo e às vezes árdua
a caminhada...
Nem todos se puseram no caminho
na mesma data e ao mesmo tempo.

Mas todos que deram entrada nesta
vida, deram início à caminhada...
As oportunidades nem sempre são e
ou serão as mesmas...

Lembre-se, se alguém caiu, pode ter
sido por que você não deu a mão, não
deu amor, não ensinou o caminho a
seguir...

Não ti culpes, nem fiqueis ansiosos...
Somente acolha as pessoas com amor,
e aja de tal modo e zelo, que elas queiram
viver e produzir o seu melhor.

O meio, embora muitos dizem ser contra,
contribui para os fins, mas é certo, eles
nunca justificam, a escolha é pessoal,
e a colheita é certa e intransferível.

Mas como dois e dois são quatro, nada
se perde, tudo se transforma...

O que hoje maldizemos, amanhã poderá
estar de mãos dadas conosco, e ser o elo
que faltava para a nossa salvação.

Errante é condição de ESTAR e jamais
de SER. Lembre-se, Deus não faz nada
imperfeito... Em tudo põe o mesmo amor...

Este mundo refletido em que vivemos é
que desnuda a alma, ofusca as vistas, e
desvia dos caminhos que nos junta rumo
às estrelas, num só amor, num só brilhar,
numa só constelação.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Em busca da Luz... Em busca de ser luz!


Escrevo bonito.
Falo bonito.
Posso até apontar para a Luz.

Mas, não se engane...

Não sou a luz, embora tenha luz
própria, sou guiado por uma
Luz Superior...

Esta Luz Superior, a qual acredito
aguarda pacientemente que um dia,
me junte a Ela, para que somemos
um, numa só luz Plena, Perfeita
e simplesmente Brilhante e
Magnífica.

Tenho meu brilho apagado, pois
sofro constantes toques da vida,
a qual me ensina sabiamente e
no ato de me ensinar, me calibra,
e lapida o meu brilho, que aos
poucos vai se tornando mais puro
e faz Alegre meu Criador.

Não é motivo de orgulho, de Status,
de ser melhor do que os outros,
é resultado de ter dado um passo
a mais rumo ao Criador...

Isto não me faz melhor que ninguém,
só me aproxima mais e mais das
Promessas de um viver mais pleno
e feliz...

Meu dever é, não ir sozinho, mas
fazer junção... O exemplo, só Deus.

Há espaço para que todos brilhem,
e não se engane, estrelas só brilham
mais quando há união, naquele
espetáculo que chamamos constelação.

By ::Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Vale os passos...


É importante ter a certeza de que não fazer
nada, é chegar a lugar algum...
É importante ter a certeza de que por menor
que sejam os passos, sempre se vai adiante.

A luz no fim do túnel está lá.
Ela existe e sempre existirá.
Não importando o tamanho de nossos
problemas ou desesperanças.

Ela, a luz ao final do túnel, não caminha ao
nosso encontro.

É necessário uma vontade interior.
É necessário comandos cerebrais que
impulsionem ao corpo ir ai encontro.

É necessário acreditar e ter fé!

A pequenos passos, pode-se demorar a chegar
na claridade apontada lá no finalzinho.
Mas não dar nenhum passo, torna a chegada
impossível, e eterniza a vida em trevas.

É difícil caminhar, às vezes.
É difícil dar o passo...
Às vezes seguem em lágrimas, e meio que
seguimos a nadar, ou nos afogamos.

Mas, Deus, está sempre lá dentro dando
sinais de que é possível a vitória...

Acreditar hoje em dia, tem sido difícil diante
de tanto teatro, e promoção das máscaras,
que parecem eternizar a vida num carnaval.

Mas não se perca...
O caminho se faz ao caminhar.

E quem caminha segue de algum modo:
Ora, se põe a andar para trás se mantém
mais próximo do passado...

Ora, se põe a caminhar para a direita ou para
a esquerda, se desvia das metas e a luz ao
fim do túnel se torna mais distante.

Ora, se põe a caminhar em frente, chega-se
mais breve à Luz que tanto almeja em sua vida.

Se ponhe a caminho... Dê o próximo passo...

Pode doer! A comodidade e a zona de conforto,
ao serem mexidas, pelos passos adiante,
provocam medos, ansiedades e tentam a todo
custo nos provar que "estar onde se está, é o
melhor". Mas não perca a fé e nem o foco.

SEMPRE É POSSÍVEL MELHORAR.

Ao alcançarmos a luz ao fim do túnel,
pode ter certeza de que haverão outros túneis,
e novos passos serão necessários para se
seguir em frente...

O passo, só depende de cada um que se
dispõe a alcançar Luz.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Política do respeito, política da paz


Me sinto covarde às vezes. Mas o que fazer, se me
comparando aos poderosos, sou um vaga-lume apenas,
se neste mundo me vejo como humano, e não como
estes animais que lutam uns contra os outros, na busca
de demonstrarem sua força, poder, onde sempre vence
o que é mais forte.

Não sou tão velho assim.
Sou da era em que se respeitava os mais velhos,
onde se usava os pronomes de tratamento com carinho
e respeito às autoridades instituídas, onde se acreditava
numa democracia possível, justa e limpa.

E mais ainda, o sucesso vinha por mérito, por esforços,
por luta, por zelo no nome e no caráter, e não por conta
de merchandising, marketing, favorecimento de mídias
interesseiras, QI's, puxa saquismos, e outros mais.
Não que isto não existisse, ao menos, esperava-se e a fé
era, de que fosse combatido, e não banalizado e visto como
prática natural, como nos dias atuais.

O que salva, é que tenho luz própria!
E como pequeno beija-flor, sigo de palavra em palavra,
de pincelada em pincelada, no passo a passo, buscando
dar um sentido às mesmas, e ao que me circunda,
bem como a vida e as pessoas...

Mas, muitas vezes me recolho, tenho aprendido que devo
me melhorar, a mim mesmo, ao invés de dar pitaco na
vida alheia e tentar a mudança que não me pertence.

Mas, a política enfim, não me pertence?
Política é algo somente para políticos, sejam estes
instituídos de poder, ou em busca de serem instituídos
de poder?

Seria eu, mero 'exemplar' de um povo, um ser que apenas
se torna político no ato de votar, e se calar diante das decisões
tomadas por uma minoria que nos representa, sejam estas em
benefícios ou prejuízos, de uma grande maioria?

Não, com certeza não! Penso que, mesmo não sendo conhecedores
a fundo do que é política, e de como se faz política, devemos
ter a participação, podendo assim dar nossos pitacos, aplaudir
quando necessário, bem como censurarmos, e assim exigirmos
o respeito, compromisso, dedicação, determinação e o retorno
"prometido" nas épocas de campanhas,  o que não pode ser
apenas juras e promessas vazias, e sim planos de ações sérios,
que devem ser postos em prática, e virem recheados dos retornos
pretendidos, onde o exemplo seja posto em primeira mão.

Para manifestar, não é preciso denegrir, usar de calúnias,
falsas notícias, usar de boatos e mexericos. É preciso lisura,
respeito, assertividade e caráter, pois sabemos que todos
somos passíveis de erro, o que não implica que devamos ser
concordantes com estes. As punições são cabíveis, mas até
que se prove  o contrário, há a possibilidade da inocência.

É Bom ter-se o entendimento de que é  o ato da pessoa que
deve ser condenado em primeira instância e repreendido, e não
a pessoa em si, pois a pessoa não é o ato, e sendo assim,
pode se redimir, voltando assim, embora dificilmente aceito
pela sociedade, a ser um cidadão de bem.

Sendo condenado (a), deve cumprir a pena que lhe foi imposta,
e depois de cumprida a pena, torna-se livre, já não há mais culpa
nele (a). Essa é a lei, embora pareça injusta em muitos casos, aos
nossos olhos.

Reivindicar direitos sim. Lutar contra a corrupção, sim.
Buscar a igualdade de direitos, seja qual for a situação,
perante a Constituição, sim.

Mas burlar a mesma lei, no desrespeito aos direitos dos outros,
jamais, principalmente no que contraria a estabilidade da democracia.
Que aja justiça, que faça justiça, mas que o maior preceito
a ser seguido, seja a justiça e em prol da justiça.

Disse me disse e apelidos grosseiros para opositores aos nossos ideais
 sejam de vida, políticos, religiosos, de vida, é querer impor
goela abaixo um pensar egoísta, muitas vezes infantil e irrefletido, que
beneficia somente um lado da moeda, a considerada verdade absoluta.

Não há verdade absoluta, principalmente se tratando de política e
políticos. Não há pessoas incorruptíveis, acima de qualquer suspeita...
Não se atira pedras quando se tem telhado de vidro.

Quer dizer então, que devemos aceitar a corrupção e ficarmos de braços
cruzados?

Jamais.
O que precisamos é buscar realizar as coisas dentro da justiça,
buscando até nas ruas se preciso for, mas como um GIGANTE sábio,
na separação do joio e do trigo, pois se conhece a árvore por seus frutos,
e tentar arrancar o trigo antes, pode ser que se comprometa toda a
colheita no dispersamento do que realmente é relevante em cada situação.

Muito blá blá blá sem fundamento, só desnorteia os cidadãos,
e eleitores, que vendidos em falsas verdades, conhecem cada
vez menos dos seus candidatos e votam às cegas.

Talvez seja esta a ideia de quem busca se manter no poder
a todo custo... Mas isso, com o tempo não terá mais fundamento,
pois o povo vai acordando com o passar do tempo, e uma hora,
a casa cai.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br