sábado, 23 de fevereiro de 2013

Teu Silencio.



O teu silêncio pode me falar muitas coisas.
Muitas outras posso criar com minha mente.
Mas seu silêncio há de concordar que em
parte tudo é verdade.

Teu silêncio pode revelar o quanto me ama,
E que estas a me admirar,
A me analisar, a refletir o quanto maravilhoso
eu sou, e o quanto você é agradecido por eu estar em sua vida.

Teu silêncio pode conter resquícios de mágoas,
conflitos mau resolvidos, significar um choro contido,
Tudo num orgulho escondido.

Teu silêncio pode significar repreensão por algo
que fiz e o contrariou, um desprezo aos meus defeitos.
Um pensar de onde foram parar minhas qualidades.

Teu silêncio pode revelar que não me ama mais,
que me despreza, que se arrepende do dia
que me conheceu.

Teu silêncio pode cortar minha alma
como uma lâmina afiada.

Teu silêncio pode me fazer sangrar até à morte,
destituindo-me a vida, o amor, os sonhos...

Teu silêncio pode muito.
Teu silêncio tem grande poder.
Teu silêncio...
Silêncio.

Um som da voz de Deus que emana
em minhas entranhas me alerta.
Do teu silêncio, da tua inercia,
Do teu desamor, não devo temer.

Pois Ele, em seu silêncio,
Me ama de tal maneira,que deu a vida por mim,
e assinalou que ninguém há de tirá-la Dele.

Tenho certeza que teu silêncio
tudo pode...
Desde que aceito,
me calo, me entrego...

Teu silêncio me condena.
O meu silêncio me liberta.

O teu silêncio não vê além das aparências,
não ultrapassa o seu enorme umbigo.

O meu silêncio é como uma prece,
Ele não é só por mim...
Ele é por toda uma humanidade,
Inclusive por você.
Como posso então me entregar ao
teu silêncio, Se o teu depende do meu.
Embora não importa, tu fostes no silêncio
de um breve adeus.

By Adalmir Oliveira Campos