quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Valores universais...



Na vida há muitas injustiças, é certo.
Mas isso não são desculpas para agirmos
contra nossos princípios e valores 
considerados universais.

Se alguém, mata ou rouba.
Contrabandeia ou finge.
Trai ou subtrai.
Usurpa e assim se vai.

A dívida é ele quem contrai.
Primeiro com sua própria
consciência (quando a tem), 
em segundo com a sociedade, e
com Deus.

Injustiças são reais no mundo desde
sempre.
Desde que os homens começaram
a viver em sociedade.
Mas nem todos são assim.

Cada um tem uma essência.
Uma bem querência.
Um DNA que não deixa enganar.

Dentro de cada um tem o bem.
Dentro de cada um existe o mal.
Cabe a cada um deixar despertar.

O bem ou o mal...
O mal ou o bem.
Quem assim num ou no outro age.
Sabe o que convém e o que se 
deve evitar.

Está nas mãos de cada um
a si próprio se transformar...
Cabe a cada um se metamorfosear,
o bem ou o mal fazer.

E assim, o mundo transformar.

Boas escolhas mundo melhor.
Más escolhas sofrimento e dor.
É certo que um dia a colheita
do que se planta vem.

Que nossas escolhas seja sempre
em prol do bem...
Bem a si.
Bem ao outro.
Bem a todos.

Bem assim, pode ter certeza...
É contribuir para que o céu
venha à terra, e que a terra
vire céu.

By Adalmir Oliveira Campos

adalmir-campos.blogspot.com.br







Nenhum comentário:

Postar um comentário