quarta-feira, 13 de maio de 2015

Poesia é tanta coisa!


Poesia é tanta coisa.
Às vezes filosofia, ideologia,
a luz no fim do túnel.

Às veze é amor, ou trata-se de amor.
Às vezes é amizade, ou trata-se
de amizade.

Às vezes é o tempo, ou trata-se do
tempo. Um sonho, um impulso para
a realidade.

Poesia é muitas vezes mais do que
constelação, é um universo em cada
letra, palavras, acento e pontuação.

É por vezes obra de arte.
Lua cheia para os amantes, água
para os sedentos, meio de transporte
para os viajores.

Poesia é um mister de tudo um pouco,
e de muito mais, e de muito menos.

Ensina aos sábios, assim como bem
ensina aos que estão a caminho de
serem sábios, mas que sempre são
sábios em algo que o outro não é,
mas que nos liga aos outros no partilhar.

Por vezes é máquina do tempo, é
atemporal, e flui, e marca, comove
e motiva no incitar cotidiano de tudo
isso que chamamos vida.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com
adalmiroliveiracampos.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário