quinta-feira, 22 de julho de 2010

Tolisses

Sou um tolo em pensar que posso viver sem você.
Como posso existir sem seu amor?

Existir sem você, é impossivel.
Você é o ar que respiro.
Você é a água que bebo.
Você é o alimento que me sacia.
Você é como mola propulsora, que impulsiona o meu coração,
E alegra a minha alma.

Além de tolo, me vejo louco e desvairado,
Por não saber me controlar.
Por não enchergar...
O quanto você é especial para mim,
O quanto você me faz feliz.

Quando estou com você,
É como se tudo lá fora não existisse.
No quarto, na sala, na rua, no bar...
Com você só alegria e paz.

Você é quem me satisfaz.
Você é alguém com quem quero sempre mais,
Muito mais.

Seja paciente comigo.
Saiba ser tolerante, perante minha ignorância,
De não saber me entregar.
Aos poucos, me tire o medo de te perder.
Aos poucos me ensine a me entregar
Por completo a você.

O medo, cruel sentimento que se instalou em mim.
Devido a desilusões e perdas no passado,
Quer me afastar de ti.

Peço, que com seu amor, carinho e compreenssão,
Me ensine a me jogar em seus braços
Como uma criança se joga nos braços do pai,
Sem medo de cair,
Por confiar que sempre estará lá
Para segurar e impedir a queda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário