terça-feira, 10 de agosto de 2010

Avatar: Sugere equilibrio e liberdade


Dentro de mim pulsa um coração...
Um pulsar, que remete ao ser, o anseio por liberdade.
Liberdade que respeita a vida e os viventes...
Liberdade que se faz da partilha, do cuidado e do equilibrio.

Esse pulsar é uma constante.

É tal qual ponteiro de relógio...
Num TIC TAC sem fim...
Entra e sai pulsando dentro de mim.

É minha alma que luta e labuta presa a este mundo
Que muitas vezes se mostra mesquinho.

Minha alma ruge feito leão inconformado
Com o sistema zoológico.
Ela ruge, salta, e ataca o que oprime...
Buscando ser libertada,
Almejando ser amada,
Anseando alforria deste sistema lunático.

Sistema que aliena.
Sistema que condena ao conformismo...
Que favorece aos poucos e exclui a maioria...
Sistema que aos poucos leva à morte os corações
Cansados desta luta que parece sem fim...

Às vezes até o leão mais feroz, se torna frágil diante da jaula...
E fica sem forças para lutar...
Mas como todo leão que se presa...
Espera a oportunidade certa, e quando não a têm, a faz.

Tudo é questão de tempo...
Tempo de despertar do sono profundo...
Despertar que se faz no amor e pela Educação.

O que liberta?
Será a morte do corpo?
Das lembranças, das lutas, dos sonhos?
Será a sorte?

Será o conhecimento o norte?
Ou será o amor que abrandará e a tudo transformará?

Abarrotado vou...
Mas vou como leão que espera.

Sigo meu caminho...
Luto,
Choro,
Dou risadas,
Canto.

E assim vou em busca do Avatar para a minha vida...
Avatar que sugere um Holos universal, de liberadade real...
Liberdade que possa banir a escravidão maquiada,
Onde a vida seja de menos palavra/ mais ação;
De  menos dor/ mais cor;
De menos morte/ mais vida;
De menos ódio/ mais amor;
De menos faltura/ por mais fartura;
De menos desigualdade/ mais igualdade;
De menos desequilíbrio/ mais equidade;
De menos preconceito/ mais aceitação;
De menos racismo/ mais noção de que somos irmãos;
De menos guerra/ mais paz entre as nações;
De menos capitalismo/ mais igualdade ao repartir o pão.

Sonho de que um Avatar habite em cada coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário