terça-feira, 11 de junho de 2013

Vou seguir


Vou seguir, mesmo
que todas resultantes demonstrem o contrário.
Convergir, dar marcha ré, seguir enfrente
parece impossível.

Mas não creio que eu possa retroagir...
Acredito que neste mundo sempre evoluímos.

O que não tem remédio hoje,
remediado está.

Vou segui em enfrente mesmo sem sair do lugar
feito "correr numa esteira".
Ao menos eu sei que haverá alguns ganhos
e surtirá alguns efeitos positivos rumo a evolução
que a alma anseia.

Assim, creio eu, ser melhor que me entregar ao
desolamento ou à morte em vida, numa vida
sem ânimo e sem fé.

Mesmo sendo escuro...
Mesmo que as lágrimas continuem a cair...
Mesmo que todos falem que não há jeito...
Que não há soluções...
Eu vou seguir, se não enfrente, paralelo,
feito "correr numa esteira".

Sem ir pra direita...
Sem ir pra esquerda...
Sem voltar pra trás...
Sem seguir enfrente...
Mas agindo de forma que
os caminhos se abram novamente
rumo ao possível, através da fé.

By Adalmir Oliveira Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário