sábado, 13 de julho de 2013

Saudades


Onde estão teus lábios,
teus abraços,
e todo você?

Saudade é o que não falta...

Distancia é o que amordaça
esse amor que insiste em viver,
em tocar e ser um só com você!

É carência que aumenta,
amordaça e ensanguenta
este coração que lhe quer bem.

E você, onde está?
Será que sente a mesma saudade
que meu peito invade?

E desejas na mesma intensidade
minha presença e amor?

Está frio aqui dentro...
Está frio lá fora...
E nessa moda de viola,
sua ausência se faz senhora,
no aumento da solidão que apavora.

Sinto tua falta,
Já fazem horas...
Vê se você vem,
vem sem demora,
abrandar essa saudade
desse coração que te adora!

Vem e me adoça, feito
geleia de amora...
Desamordaça, bota no colo
e diga ao pé do meu ouvido
palavras que acalora e afasta o frio
que me assola.

By Adalmir Oliveira Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário