sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Um sonho possível


O sol já foi um sonho.
Assim como a lua e as estrelas.
Assim como tudo que existe, inclusive
eu, inclusive você.

O mundo, o espaço, as galáxias, o cosmos
e tudo que nos é conhecido e desconhecido.
Um sonho magnífico e perfeito!

Um sonho de um Deus que nos ama.
Um sonho de um Deus que sempre quer
o melhor pra nós.

Um sonho não terminado, onde nos foi dado
a capacidade de completar, de ampliar, de
fazer sempre mais e melhor, um verdadeiro
leque de oportunidades.

Um sonho possível...

Não deixemos que os mesmos virem pesadelos,
motivos de tropeços, diante do que as ideologias
mundanas, desumanas, irreais e irracionais
nos impõem através do que fantasiam ser
para nós o melhor.

O que é melhor não destrói, constrói apenas.
Simples assim, como dois e dois são quatro.

Sou a favor de evolução, mas quando esta
visa uma involução futura e até extinção de
tudo o que é bom e belo, inclusive de nós
humanos, fico com, não somente um pé atrás,
mas os dois.

A magnitude do sonho sonhado por Deus,
é a completude possível e magnífica de
uma ligação transcendental que leva terra
a virar céu, e céu a virar terra, onde a realidade
e sonho, são possíveis, e os jardins se tornam
um, onde criador e criatura, Pai e Filho, sejam
comunhão.

Contrário de "tudo" que este mundo efêmero
tem nos oferecido como pão, como sal, como
tempero de vida, que sempre favorece minorias
em detrimento das maiorias.

Já não bastam promessas vãs.
É preciso mais amor.
É preciso mais ação.
É preciso menos demagogia, menos balelas,
menos quimeras, menos políticas do "tudo pra
mim e se foda os outros".

Já é hora do felizes para sempre.
O gigante tem que ir além de breves despertares,
e adormeceres, deve viver de modo intenso, como
super heróis que não dormem, não se alimentam
e sempre estão de baterias carregadas.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário