quarta-feira, 4 de março de 2015

Banho de ouro


Era uma manhã como outra qualquer.
O sol, em mais um nascer como outro
de outros dias.

Mas acredito que o olhar de hoje foi
diferente, ao menos houve uma pausa
neste olhar em observação, mesmo
estando em alta velocidade e atenção
no caminho em frente.

O sol veio meio que dourado, brilho
intenso, e o dia veio surgindo...

Deu a entender que o sol vinha cobrindo
as paisagens de um tom sem igual, num
banho de ouro fino e suave que percebe-se
a riqueza mesmo sem interferir nas outras
cores da natureza.

Louvei ao Senhor por ter tido esta
oportunidade.
Louvei ao Senhor por meus olhos.
E mais ainda agradeci pelo belo
e único espetáculo, aos quais muitas
vezes passam desapercebidos nas
preocupações que o mundo trás.

Deus nos deu tantas riquezas.
Deus nos deu tantas maravilhas.
Deus nos presenteou e nos presenteia
dia a dia, e muitas vezes insensíveis
nem percebemos.

O trabalho, as rotinas, as "sinas"...

Estes, nos comunicam que não há
tempo, e nos cegam às verdadeiras
riquezas que Deus e a vida nos
proporcionam.

O sorriso do filho e dos entes amados.
Aquele abraço gostoso e apertado.
O carinho matinal, e no decorrer do
dia. As palavras que demonstram
atenção.

Tudo acaba ficando para depois.
Tudo acaba se empoeirando à
espera do espanador.

Salve Deus, se não salva, muitos
perdem a vida sem terem vivido
as verdadeiras belezas e importâncias
dessa breve passagem, a qual muitos
comparam a uma brisa ligeira, a uma
neblina sorrateira, a um arco íris em
tons pastéis.

Há mais do que possas na terra
possuir, e tesouros que possa
amontoar. Há mais do que possas
imaginar e que todo o dinheiro que
ganhe possa comprar.

Mesmo que não vejas:
Flores nascem todos os dias.
Há estrelas em noites claras e escuras,
onde brilham todas as luas, sendo
a mais bela, a bem cheia.
Há orvalhos, pequenos diamantes.

Há muito e muito mais!
E são muito relevantes, pois em sua
simplicidade e gratuidade, geram
algo sempre inusitado...

Verdadeiras gestações, fins, começos
e recomeços de felicidade.

By Adalmir Oliveira Campos.
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário