quarta-feira, 16 de março de 2011

Amor diamante


Será loucura?
Será um vício?

Tento esquecê-la,
E me afastar...

Mas parece que o universo conspira
Para que eu te busque.

Meu ser anseia relacionamento com você.
Meus olhos me traem.
Meu coração palpita.

Até meu celular sente sua falta...
Suas mensagens calorosas...
Seus alôs cheios de amor.

À noite, debruço-me na janela, e fico a
Espera de ao menos vê-la de relance
Ao passar pela rua.

Quando me deito, meus braços buscam os seus.
Minha boca busca a sua,
E você não está lá.

O sono se vai.
As lágrimas chegam e o tempo parece não ter fim.

Amor assim, comparo a diamante lapidado
De imenso valor, o qual é insubstituível.

Sabe, esse amor que sinto por você é assim,
Como esse diamante, único e especial.

Outros amores vão entrar na minha vida.

Mas será um outro tipo de amor...
Amor assim, "primeiro amor",
Como diamante só por você.

By Adalmir Oliveira Campos. 08/03/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário