quarta-feira, 16 de março de 2011

Versos tristes...


Nestes versos tão tristes,
Faço música da minha história.

Sonho de um amor vivido, que
Ainda hoje guardo na memória.

É bela a história de amor de duas almas
Que se econtraram.
Veio a paixão ardente.
Veio o amor tão quente.
Juras...
Esperas...
Saudades.

Dias tão felizes já não vemos mais.
O amor tomou outros rumos.

Perdemos  o que era caro demais.
Hoje, só me resta a lembrança deste tempo
Que não volta atrás.

Minha alma anseia a sua.
Meu corpo já se perdeu.
Minha mente parece crua.
Pois nela só tinha você.

O que nesta história me mantém vivo,
É saber que jardins florescem...
É ter a plena certeza de que as flores
Virão com o tempo.

Sabe, já posso sentir o perfume...

By Adalmir Oliveira Campos. 09/03/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário