domingo, 23 de maio de 2010

Volta pra mim...

Que vontade louca de beijar tua boca.

Meu coração, quase que arrebenta no peito,

De uma saudade imensa que parece não ter fim.

A distância é longa...

As condições de te ver são tão poucas...

Que nos resta apenas amar pelo telefone ou pela internet.

Quanta falta me faz o teu cheiro, teus abraços e teus beijos,

Os quais, agora sinto de memória, pois só assim os tenho com sua ausência...

Durante a noite rolo desconsolado pensando em ti, procurando por ti...

Em sonhos e devaneios, busco por ti, pelo seu corpo quente e acolhedor, que me acalma a alma, que me preenche o vazio que este mundo nos oferece.

O que me consola é saber que você voltará pra mim.
O que me consola é saber que você voltará pra mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário