terça-feira, 7 de setembro de 2010

Saculejos...

Quem foi que disse que amar, é ser feliz todos os dias?
A vida e o amor são como almas gêmeas...
Estão sempre em busca de se unirem...
Embora, saibam que uma união é cheia de altos e baixos...

Saculejos que abafam a comodidade.
Saculejos que transformam sonhos em realidade...
Saculejos que moldam o ser...
Saculejos que aprimoram...
Saculejos que fazem com que amor e a vida busquem
Unir-se constantemente.

União, que com o calor, visgo vermelho sangue.
Se mantém,
Num processo continuo de avivamento...
Que se vê por toda a terra.

Das certezas, incertezas...
Das verdades, inverdades...
Das estrelas os sonhos...

Da queda, a construção de uma realidade..
Que com rima ou sem rima atrai os corações
Num sopro que une os viventes, mortais e imortais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário