domingo, 26 de setembro de 2010

Vida nova

Minha alma no mais profundo do meu ser, busca a luz...
Luz que anima e faz viver...
Luz que alegra e me faz ser:
Um ser que ama;
Um ser chora;
Um ser que canta.
Chuva, sereno, enchorrada, que da
Telha se faz escaldada.
Lava-me de toda sujeira,
E me faz vida nova no criador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário