quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

H2O...


A chuva cai.

Choro confuso...
Choro perdido...
Choro distinto.

Choro de amor...
Amor tão intenso...
Amor insensato,
Que entra em colapso.

Na água que cai,
No frio que faz,
Na escuridão que se aproxima.

Amor quer amor...
Amor que se quer.

Do homem/ mulher...
Do jeito que espera,
Do jeito que é.

Amor quer amor,
Arco iris no ar...
Luz que aviva,
Corrompe o que oprime.
Do barro o jarro,
Do líquido a vida.

Calor que é amor.
Na cama a dois...
Sorrisos, gemidos.
Sexo calor...
Da chuva o sol...
Perdi meu amor...
"Meu mundo caiu".

Da chuva pro rio...
Salgado no mar,
Se foi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário