quarta-feira, 6 de junho de 2012

Abolição

Que acabe o tempo de escravidão...

Que lúcido torne meu coração.



Que amar não seja atribuído à prisão.



Absolva-me, dê-me a abolição.



Já tens meu amor.

Já tens meus braços,

Meus sonhos,

Meus beijos, sexo e viver.



Que sendo abolidas as amarras

Da desconfiança, do medo e insegurança,

Seja livre o nosso amor.



Que seja lindo...

Que seja intenso...

Que dure um dia...

Que dure um ano...

Que dure uma vida.



Mas que dure o tempo necessário e suficiente.

Seja no pouco ou no muito...

Na riqueza ou na pobreza...

Até que a morte nos separe talvez.



Mas que seja inesquecível, valoroso e eterno enquanto Dure.

Nenhum comentário:

Postar um comentário