quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Para brilhar


Com certeza não tenho estrela na testa,
nem sou melhor que ninguém, e isso
nunca foi minha pretensão.

Sempre busquei melhorar a mim mesmo,
embora sempre falho e sempre tem muito
por fazer neste ofício de se auto-melhorar.

Mas busco cuidar da minha vida sem me
intrometer na dos outros, pois sei que cabe
somente a eles o auto-cuidado e melhoramento.

Cuidar da vida da gente já é tão complexo e
difícil, que dirá cuidar da vida dos outros.

Não tenho estrela na testa e nunca disse que
tinha. Foi você quem as viu em mim, e se
ofuscando, na sua inveja, quis cegar-me
acusando-me de não tê-las.

Mas não é mérito meu.

É Deus que me alumia tanto durante o dia,
quanto à noite, seja inverno ou verão, outono
ou primavera, Deus faz florescer em mim a
estrela mais bela.

Mas isso não é motivo de me sobrepor aos
outros, nem significação de que sou melhor.
Se avancei algumas casas à frente, as quais
causam inveja nos acomodados, foi por esforço
pessoal e ajuda Divina.

Nada que outros não possam conquistar ou
até quem sabe ir além...

Mas para isso é preciso focar na própria vida
no compromisso com o bem...

A rosa só se torna rosa, após superar os espinhos
e com as estrelas não é diferente...
O brilho só vem depois de muito lapidar.

Não me atenho à estrela, assim como ela pode
hoje brilhar, sem os devidos cuidados, amanhã
pode ser apenas cinzas.

Apenas caminho nos passos do amor a mim,
ao próximo e a Deus.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário