terça-feira, 16 de março de 2010

Falar de Mãe...



É tão bom falar de mãe...

A simples palavra "mãe' quando nos chega aos ouvidos nos lembra o sussurro do vento que trás a chuva mansa, que apaga a poeira e faz a semente germinar , crescer e gerar frutos.


Quando pequeno, entrando na adolescência, me veio à mente algumas palavras sobre mãe que agora escrevo abaixo, que muito definia para mim, o ser que chamamos "mãe", e que hoje, se fosse reescrevê-lo, aumentaria mil palavras e essa definição não teria um fim.


Mãe


Mãe é compreensão...

Pois em todas situações, com sabedoria, sabe como intervir ao compreender.

É paz...

Pois em seu coração não deseja que seus filhos façam guerra.

É amor...

Pois ama a todos os seus filhos de uma maneira especial, que não sendo igual se assemelha.

É vida...

Pois de seu ventre pude nascer.

É ternura, é alegria, é a voz de cada dia...

Sem ela, é possível viver...

Sem ela, é possível morrer...

Mas de uma mãe, é impossível esquecer.


Dedico esta, à minha mãe querida, Ana Maria de Oliveira e à Mãe de Jesus, que também é minha mãe, a Nossa Senhora de Aparecida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário