terça-feira, 16 de março de 2010

O sabor de um novo amor...


Certo dia, deixei-me guiar pelas correntezas que deslizavam sobre as pedras...

Correntezas que desciam as ribanceiras sem fim de um caminho explêndido...

De um caminho feliz...

Senti-me como se fosse parte daquelas correntezas...

O coração batia cada vez mais forte...

A emoção chegou ao clímax.

Ao lado, eu via tudo passar e ficar para trás.

Tudo passou... Mas de tudo que passou, restou o amor e a felicidade de poder amar alguém de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário