terça-feira, 16 de março de 2010

Sonhos de criança...




Estou fazendo aqui, aos poucos uma restropectiva de minha vida, de minha história...


E relendo textos antigos, nas gavetas já esquecidos... me deparo com versos, poemas e diversos textos que me fazem lembrar dos sonhos de quando eu era criança que aos poucos deixaram lugar à realidade de uma vida que se conquista dia a dia... Esses sonhos infantis, por incrível que pareça, ainda relutam em assoprar em mim a chama que esquenta os desjos de que devo insistir em sonhar em um mundo e em uma vida melhor.


Quando criança, eu me via andando pelas ruas como se fosse um ser gigantesco, com uma energia imensa, que onde passava, desfazia as maldades, as imperfeições, tristeza e solidão. Sonhava, acredite, em mudar o mundo... quão tolos foram meus sonhos. Eu, tão pequeno, não sabia como conduzir minhas próprias pernas, que de tão finas, me davam o apelido carinhoso de "palito"... Hoje, já homem adulto e barbudo que sou, aprendi que me mudando, mudo o que se passa ao meu redor, e mudando o que se passa ao meu redor, inspiro outras pessoas a promoverem mudanças em suas vidas também.. e assim, cada um vai cumprindo o seu papel de construir um mundo cada vez melhor...




Queria ser diferente...




Quem deras voar entre as nuvens do céu...


E brilhar como estrelas gigantes...


Ser belo e perfumoso como as rosas...


Ser límpido e livre como os riachos.


Quem me deras...


Ser sincero, verdadeiro e puro.


Quem me deras... Ser diferente daqueles que


se fazem e que se julgam homens.


Nenhum comentário:

Postar um comentário