terça-feira, 24 de março de 2015

Simples visões, traços de felicidade!


Queria poder contribuir com certas visões, de coisas
simples, e que passam desapercebidas, mas que
são verdadeiros espetáculos.

A cada dia Deus nos presenteia com coisas simples,
para alguns insignificantes, mas para outros, verdadeiro
sentido de felicidade.

Uma flor em meio ao mato no cerrado.
Uma estrela cadente.
Um pôr do sol visto em um lugar diferente e inusitado,
noutros planos, em um outro estado.

São oportunidades...
São momento únicos...
Alguns fenômenos podem até se repetirem, mas a
cada repetição, são novos fenômenos, nenhum é
igual ao outro.

Hoje, agorinha, pude deslumbrar-me de um céu
azul, límpido em algumas partes, nublado em
outras e nevoado num tom rosa sem igual, a
se completar a bela paisagem com uma estrela,
do meu ponto de vista, um pouco abaixo da lua,
e esta última brilhando e formando uma bela
tela, que trazia texturas e formas tênues e suaves,
chapiscados de brocados e Glitter.

Penso que Papai do céu estava bem inspirado hoje,
ou é certo, que o esteja todos os dias, e eu hoje estava
na mesma sintonia.

São raros momentos assim, e com o expandir das
cidades e metrópoles, vão se tornando mais raros ainda.
São um convite a pararmos com esta pressa inconsciente
ou até mesmo consciente de viver em prol de um sistema
que nunca está satisfeito, que nunca se completa e que
nos tornam seus iguais, nunca busca que nunca cessa.

A felicidade não está no que há de vir, ela está no momento
presente em que vivemos, seja no trabalho, no trânsito, no
lar, ou onde for... Só quem consegue se aperceber dos
pequenos detalhes e que a notam e tomam posse dela.

Uma boa história nunca começa de fora para dentro, muito
pelo contrário, ela começa no interior, em um mundo muitas
vezes pouco explorado chamado de "nós mesmos", o "eu"
que muitos de nós não conhecemos, e permanece desconhecido
por vezes uma vida, e se vai, vazia, neutra e infeliz.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário