quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Amar, amar, o mar


Amar, amar, o mar.
Eu quero amar, amar, o mar.

O mar, amar, eu quero amar.
Amar, amar, na imensidão do mar.

Minha vida sem amar,
tal qual mar morto será.

Por isso anseio amar, amar além
da imensidão do mar.

Falta me o ar, por não estar a amar...
Diante desse mundo que anseia mar.

Amar, amar, o mar.
Que falta me faz ao coração amar.

By Adalmir Oliveira Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário