quinta-feira, 21 de agosto de 2014

E nasceu o amor, simples assim


Num piscar, num olhar...
Nasce o amor e aos poucos
se aprende a arte de amar.

É feito flecha que surge do arco
e flecha das mãos do cupido.
Vem certeiro, vem veloz e acerta
os alvos sem um pingo de dó.

Dois corações.
Sangram mais não morrem.
No amor o sangue corre feito
rio rumo ao mar, e o amor
é o barco que os conduz.

A tudo, trás paz, enche de luz.
E na ação nos assemelha a Jesus,
e o amor se intensifica promovendo
a vida nos corações ainda adormecidos.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário