sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Por uma terra de estrelas


Uma lágrima, um ponto de luz, uma estrela a brilhar.

E o céu tão imenso!

Cabe cada uma no seu lugar, e o brilho se mistura
uns aos outros e juntos todos possuem seu
endereço.

Elas não são mais umas que as outras, mas são
mais quando estão juntas.

O céu é bem mais céu e belo quando repleto de estrelas.

Quem deras os humanos fossem assim, nesta imensidão
de terra, no seu viver.

Com certeza, a terra seria céu e não esta guerra e holocaustos
onde tentam apagar uns aos outros, em constantes blecautes
e possivelmente, um dia trevas e extinção.

Que a luta pela vida seja por uma terra de estrelas a brilhar
no reflexo das estrelas do céu...

By Adalmir Oliveira Campos
Adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário