quarta-feira, 8 de maio de 2013

Amor no espelho



Já quis loucamente um amor.
Já corri atrás de um amor.
Já até quis forçar o amor.

Na loucura...
Na busca insana...
Na correria imediatista,
Me furtei a felicidade.

Me vi leão sem jaula,
Solto em uma selva de pedras.
Sem rumo,
Aflito feito gatinho domesticado.

A correr contra os carros,
Já não querendo mais viver.

Quem não quer amar?
Quem não quer amar?

Ao buscar o amor,
Fui ao fundo do poço, e
O encontrei no espelho.

Na ânsia desvairada
de chegar à superfície
e não morrer afogado...

Decidido, amor encontrado...
Só desejo ser feliz,
No mais, coração aberto
pra compartilhar do meu amor.

By Adalmir Oliveira Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário