quarta-feira, 8 de maio de 2013

Nascer de novo



Como dar novo sentido à vida?
Como ver novamente beleza na chuva?
Como sorver o vento forte e encontrá-lo em um sorriso?
Como permitir andar na chuva, chutando a enxurrada, com pés descalços?
Como dar o abraço contido?
Como correr e chorar em um ombro conhecido ou desconhecido?
Como dar carona para alguém que acena e levanta o polegar?
Como abrir a porta a um mendigo, ou pedinte e ajudar?
Como visitar os que se encontram enfermos?
Como ir de encontro aos que são prisioneiros?
Como perceber os marginalizados?
Como perdoar, respeitar e amar aquele ou aquela que de algum modo já nos feriu?
Que de algum modo nos mentiu, ou omitiu;
Que de algum modo nos traiu e ainda sorriu,
Que já amamos e que de algum modo se foi?
Nascer de novo...
Ser criança novamente.
Sonhos estes cada vez mais distantes...
Sonhos estes cada dia menos possíveis,
desde que permitimos e deixamos acreditar
que a felicidade não é conto de fadas, e entregamos cotidianamente,
nossas vidas e projetos aos vilões que dominam e
direcionam a história da humanidade.

By Adalmir Oliveira Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário