sábado, 13 de dezembro de 2014

Gratidao, nem tão simples assim


A gratidão é saber ser reconhecido pelo amor, além do salário.
A gratidão é saber ser querido, além da distancia e da saudade.

A gratidão é saber saborear a chuva, o sol, cada um ao seu
tempo, sem reclamar, aceitando a natureza e boa vontade
Divina em promover a vida constantemente.

Gratidão é um mister de sorrisos, por tudo que nos acrescenta
de melhor.

Gratidão é se sentir importante até nas coisas mínimas que
nos acontecem no dia a dia.

Gratidão é se abrir ao outro no manifesto do bem maior que
germinou no coração, sem que para isto, tenha recebido
algo em troca.

Gratidão é caminhar em frente mesmo sabendo que a vida muitas
vezes é dura e sofrida...

Mas é certo, é escola que nos lapida, e nos põe a brilhar como
bem mais precioso, que dinheiro de espécie alguma pode
comprar, onde não há espaço para genéricos e falsificações.

Gratidão é aceitar tudo isso e muito mais, sempre com um
sorriso no rosto e no acolhimento do outro, que não importando
as diferenças, merecem o respeito e amor, que a tudo
contempla como perfeição por serem criações Superiores.
Um cultivo celestial onde há várias espécies  de flores, frutos,
animais e muito mais, e todas tem o seu valor e significado
especiais.

Gratidão às vezes parece indefinida, contida, tímida...
Mas quando realizada, tornam mais humanos a quem
a prática e assim sucessivamente, a toda a humanidade.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário