quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Natal de Jesus


É pressa para todos os lados.
É pressa para que?
Jesus nasceu, mas foi de parto
normal, pra que correr?

Ele esperou por nove meses,
assim como eu, assim como você.
E espera a eternidade se preciso for,
por mim e por você.

Lembre-se, não foi o bom e velho
Noel que nasceu naquela manjedoura.
Este é apenas um bom velhinho
explorado no Natal.

A salvação não vem de presentes, que
ele e seus representantes trazem. Vem
Daquele que nesta data aniversaria.

É uma atualização de um magnífico
dia, mas que não se encerre no ano
que se aproxima, que se atualize
diariamente em cada coração, feito
no mundo da magia.

Bolsos vazios?
Não se preocupe, e nem se entristeça
com isso, dê o seu melhor:
Abraço.
Carinho.
Atenção e amor.
Há presente maior que alguém possa
dar?

Presentes materiais chegam e com o tempo
se vão, amizade e família, perfeitos ou não,
chegam e são eternos no coração.

É muito bom presentear...
Eu também acho.
Mas presentes não são somente materiais.
São colos, são conselhos e orientações,
são rodas de conversa, uma lágrima sincera
de querer bem e bem querer.

No mais um simples gesto...
Uma flor, um cartão feito a mão, um sabonete,
mas recheados de amor...

Cada um dá o que tem de melhor.
E  o que se tem de melhor, não se compra
com Mastercard, muito menos no crediário
ou à prestação, sai lá do fundinho dos cofres
do coração.

Seja o presente que seus amigos e família
queiram ganhar, e juntos sejam uma troca
e confraternização eternas num Natal de
cada dia.

Amigos, mais à tarde e à noite, não estarei
on line, possivelmente, nem poderei abraçá-los,
tanto virtual, quanto fisicamente, mas desejo
desde já, o meu desejo de um Feliz Natal para
cada um de vocês, recheado de benção e de
amor, inspirados pelo próprio Senhor.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário