Seja bem vindo(a)!!!!

É um prazer recebê-lo(a) em meu Blog... Será uma alegria imensa se puder divulgá-lo aos seus amigos e amigas. Desde já fica o meu carinhoso agradecimento.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Chorar


É preciso chorar o choro contido.
É preciso amar além do amor não correspondido.
É preciso a vida em vida.

Porem, as tormentas da inquietação,
Nos leva a deixar pra depois
O que é pra ser presente.

Passado já não importa.
O tempo escorre pelas mãos.
O futuro nada mais é do que uma ilusão,
Projetos e sonhos que tomam vida com
base nas nossas escolhas de hoje.

Resta-nos o presente.

Medo deste presente, insolente...
No qual me deprimo e me conturbo...
Perdido, em meio aos devaneios...
Onde até os sonhos me nego, pois
foi tanto o que sonhei, e pouco
o que vi realizado.

Eita mundo este.
Onde se fabrica mortos vivos,
Delinquentes do amanhã.
Alienação massificante,
Geração das Fobias,
Que retardam a libertação
e aprisiona nos lares, aqueles
que realmente merecem a liberdade.

Enquanto os carniceiros,
bando de corvos e urubus
voam à solta e tomam conta, e
se mantem no poder.

Sonhar...
Viver...
Amar.

Tem sido sonhos distantes...
São tantas burocracias pra vivermos.
São tantas formalidades, preconceitos
e discriminação.

Que o mundo e pessoas que eram
Para serem irmãos, tem-se tornado rivais.
Já nem mais dividem os quintais.

Grades e fortalezas e dureza dos corações
dividem a afastam, no individualismo
predador, onde vence o melhor.
Esse melhor que atende sempre
às minorias.
Onde senzalas e casa de senhorios,
tomam a forma moderna de capitalismo,
patrão e empregado, e família e amigos
subordinados e alvos da sorte de um Salvador.

Que falta não faz o amor de Jesus nos corações humanos
de hoje.
Que falta não faz esse amor.
Amor que contraria esse poderio instituído que visa
somente se dar bem sem olhar a quem.
Pobres excluídos que só aumentam
conforme as tormentas dessa "evolução".

Libertação...

By Adalmir Oliveira Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amontoado

Eu sou um amontoado dos que vieram antes de mim, mas não sou os mesmos, muito menos serão eu, os que virão posteriormente. Somos c...

Meu álbum de Artes - Clique na imagem e seja direcionado ao álbum no facebook

Meu álbum de Artes - Clique na imagem e seja direcionado ao álbum no facebook
Artes em geral

Enviar para e-mail atualizações