segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Fusão cósmica, isto é amor


Depois do amor,
a gente se beija,
a gente se deita.

Abraçados, fechamos
os olhos e alcançamos
as estrelas.

E o paraíso é ali, no
quarto, eu e você.
Adão e Eva numa eterna
descoberta.

Um longo e silencioso
estado de calmaria.
Magia maior não há!

Entre estes dois, só amar,
o mar, as ondas, o sangue
que circula quente, ferve
nas veias, e faz o corpo
ofegante.

Suores, tremores, desejos.
O tato é o contato que faz bem.
Pele na pele, sinais telepáticos,
aceita conexão.

A comunicação são em ondas
de amor...

A vida brota nos poros.
Se renova, se torna nova.

E a união dos corpos almeja
multiplicação, ímã, corpos que
se atraem, e o céu se rasga,
estrelas vêm ao chão...

O universo se torna leito
destes dois seres em fusão.

Café da manhã, bom dia, não
é pecado, mas tem gosto de maçã.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário