segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Nem tudo está à venda


Sou da época em que, o que movia as pessoas,
era o amor, a gentileza e o respeito.

Mas não faz tanto tempo assim...

Às vezes me sensibilizo diante de pessoas
tão possessivas e egocêntricas, as quais
não movem uma palha a não ser por dinheiro,
sendo o seu mundo vivido em prol deste a
qualquer preço.

Amizades (embora raras), família, professores,
não tem preço. Não se paga com qualquer
Mastercard International que vemos por aí, nem
mesmo com um daqueles blacks sem limites.

Amizades, família e professores possuem valor.

E o que possui valor não se conquista com esforços
materiais, com moedas e jóias. Se cativa no dia a dia
no respeito, no amor e na gentileza.

São bens, aos quais não podemos ter a posse, mas a
partir destes, podemos ter o mundo em nossas mãos,
pois aprendemos com eles que o mundo é bem público,
e sendo bem público, serve a todos, e sendo assim, todos
devemos zelar por este mundo e pessoas aos quais
não existem em função de nos servir, e sim de somar
conosco na construção de um universo mais fraterno,
humano e feliz.

Estes dias fiquei sem palavras ao ouvir uma amiga
falando com tanta propriedade sobres as autoridades,
que de acordo com ela, se não instituídas por Deus,
são permitidas por Ele.

Que estes devem conduzir da melhor maneira possível,
cumprindo o seu papel de líder,  aqueles que lhes estão
subordinados, os quais devem ter-lhes respeito e vice versa.
Que ambos, sejam diante das leis dos homens ou de Deus,
serão cobrados na mesma proporção perante ao que foi
atribuído a cada um.

As autoridades devem ser respeitadas, mas jamais idolatradas.
Apenas estão na condição de autoridade, elas não são a
autoridade.
Estas, se não cumprem com seu dever podem e devem
ser questionadas, e ser destituídas ou não do poder.

Mas autoridades ou subordinados devem aprender a lei do cativar,
bem como a lei do respeito mútuo, que leva a ambos a um crescimento
pessoal e coletivo, que só faz bem, que só trás o bem, e assim
promove um mundo e pessoas melhores num viver sustentável
e em harmonia.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário