sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Onde está a felicidade então?


O que é ser feliz nos dias de hoje?

Ter carro do ano?
Ter uma big casa mobiliada?
Possuir roupas de marca e da moda?
Ter o que comer do bom e do melhor?
Estar com uma conta bancária bem gorda?

Se formos na lógica do "ter".
O mundo está longe de ser de pessoas felizes.
O que muito se vê por ai, são pessoas exaustas
correndo e labutando para sanar suas dívidas
e enriquecendo governos e patrões.
Embora expressem sorrisos finitos a cada conquista,
que é adquirida com muito esforço humano.

"Ter" pode colaborar com a felicidade,
pode facilitar a mesma desde que lucros
bem compartilhados.

O que é ser feliz nos dias de hoje?

Ter alguém para amar?
Uma esposa?
Um filho?
Um trabalho?
Ter amigos?
Estar de bem consigo?
Estar realizado no trabalho?
Ser um religioso?

Se formos olhar por esta lógica do "ser"
Esta felicidade idealizada, de comercial de TV,
perceberemos que a caminhada será longa e talvez
jamais alcançada.

O que é ser feliz nos dias de hoje?
Existe uma receita para a felicidade?
De verdades inverdades que será essa tal
felicidade?

O amor...
A amizade...
A brisa suave...
Um banho de sol, um banho de mar?

Talvez esteja na beleza de um voo de borboleta.
Num arco-íris no ar.
Talvez seja uma música bem cantada...
Um beijo longo.
Um sincero abraço.
Um sussurro do vento.
Um sorriso de mãe.
A benção de um pai.
Um pouco de tudo e ainda mais
Que o dinheiro não pode comprar.

Ter e ser eis a questão.
Como conciliar isso meu irmão?

Seria perceber que no túmulo somos todos iguais,
no cálcio e branquidão dos ossos?

Onde está a felicidade então?
No ser ou não ser?
No ter ou não ter?
Eis a questão.

By Adalmir Oliveira Campos





Nenhum comentário:

Postar um comentário