terça-feira, 11 de março de 2014

Corações em galáxias


A vida é uma sucessão de acontecimentos.
É preciso saber se equilibrar.
Horas balança para um lado.
Horas balança para outro.

O bom é que a corda não arrebenta.
De algum modo, não sendo no oito
ou oitenta, a gente acerta o passo
e consegue andar mais ou menos
em linha reta rumo aos nossos
objetivos.

Força, foco e fé.
Não podem faltar neste corações
neste constante caminhar.

Pender para um lado.
Pender para outro.
Mais, jamais cair.

São garantias de que um dia.
Seja breve ou distante,
Visto ser atemporal o amor e a vida,
A gente alcança o céu.

E caso cair, é só recomeçar de
onde parou...

O importante é sempre seguir
em frente na busca de brilhar
feito diamante, próximo às estrelas,
e a lua dos amantes.

Na verdade Deus não está no céu,
encontra-se no universo de cada
coração...

Neste caminhar, no encontro de si
rumo à evolução que nos aproxima
do Pai, no amor misturamos corações
e fazemos um único e grande coração,
onde não somente cabe um mundo, mas,
galáxias inteiras de união, dignidade,
felicidade e paz.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário