quarta-feira, 12 de março de 2014

Poesias, GPS para o amor


Muitos banalizam a poesia.

Dizem ser coisa fútil de mentes românticas,
carentes e frágeis.

Mas o que seria a poesia a não ser o contrário
de tudo isto?


É visto que a poesia mil riquezas nos trás.
São conhecimentos os mais diversos.
São sonhos a virarem realidades.

É esperança aos aflitos.
É acolhida aos excluídos.
É conforto aos doídos do coração e da alma.
É remédio e cura aos doentes.

São tantas coisas que não tem como conceituar.
São coisas que brotam do coração.
São coisas que brotam do amar.

E o que é o amor, a não ser Deus encarnado
a nos direcionar rumo a Ele dia a dia?

Poesia é estrada que nos leva ao amor.
Amor a si.
Amor ao outro e nos leva a Deus.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário