quarta-feira, 12 de março de 2014

Lei se faz para todos sem distinção



Leis e justiça, imparciais, jamais cega.
Crimes assolam o país.
É corrupção.
É cousa triste de ser ver.

Matam uns aos outros e isso
parece normal.

Noticiam já no café da manhã.
Nas horas das principais refeições.

E na mente e corações a mensagem
que chega é de que a situação
está bem ruim.

Não tem como tapar o sol com a peneira.
A situação está feito folha de bananeira
ao vento, horas bandeia para um lado,
horas bandeia para outro.

E ninguém faz nada.
Polícia Militar diz só poder prender
em flagrante.
Polícia civil nem comparece, e só atende
caso "importantes" coisas dos que estão
no poder. (geram mais ibope).

A gente já não sabe a quem temer.

É preciso ações.
É preciso soluções.

Não tem como o povo viver em prisões
enquanto os bandidos andam a solta por aí,
decidindo qual caixa eletrônico explodir, ou
qual "prisão domiciliar" rural e urbana invadir.

Pessoas pagam impostos na fé de que a
segurança veem.
Pessoas pagam impostos na fé de que a
saúde será garantida.
Pessoas pagam impostos na fé de que a
educação será de primeira qualidade.
Pessoas pagam impostos para viverem
bem e em dignidade, tendo seu direito saciados.

"É de pequenino que destorce o pepino"
já dizia a minha avó.
É na educação e nas pequenas ações
cotidianas que se encontram as soluções.

De todos são precisas essas ações.

Se cada um cumprir com o seu papel,
a vida deixa de ser
este escarcéu. Criminosos reais vão para
os bancos dos réus, e punidos serão com todo
rigor, inclusive os de ternos seja preto seja
branco, seja até doutor.

Lei se faz para todos.

E é nas pequenas ações que devem começar o "corrigir".
Se polícias se unem e buscam investigar cada crime, mesmo que
pareça insignificante, estarão garantindo um futuro mais brilhante,
com mais segurança, que a liberdade a todos garanta.

Reeducar é fundamental, e se torna mais fácil, quando
o mal está pequeno, caso contrário o veneno entremeia
no sangue e na alma, ai só Deus na causa.

No amor as famílias precisam crer.
O amor as famílias precisam viver.
Não falo aqui de família ideal.
Falo das famílias reais que vejo por aí,
espalhadas mundo afora.
Quem experiência o amor não faz mal
a ninguém, pois aprendeu também a
se amar e ao outro sucessivamente,
com Deus no coração e na mente.
No amor em ações, educando e reeducando
no bem, o mundo e as pessoas
tem tudo para irem pra frente.

Creia nisso você também.
Faça sua parte e lute pelos seus
direitos e só diga amém para o que
para a coletividade trás e faz o bem.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário