terça-feira, 18 de março de 2014

Não à meia paz


Às vezes tento ficar em paz.
Mas é cousa difícil de manter.

Paz é para todos, e assim é
bom que seja, senão é meia paz.

Somos liga um dos outros
e mesmo que algumas
correntes digam o contrário.
O que um faz, interfere no
outro e assim sucessivamente.

Sei que não posso mudar
o mundo e conquistar a
minha paz, mas posso
sonhar um mundo melhor
e buscar promover esta
paz.
Que somada à luta de outros
vai se erguendo, fortalecendo,
ampliando e tornando paz inteira,
deixando de ser meia paz.

De meia paz.
De meio amor.
De meia bondade.
de meia verdade.
de meia ajuda.
De meia...
O mundo já está cheio.
Precisamos é buscar
unir as partes e fazer
as coisas por inteiro.

Tudo começa na ação
diária, mesmo que pequena,
mas constante...

Que possamos viver por
inteiro, pois já temos sido
metades por muito tempo.

É preciso compaixão,
para buscar ser inteiro.
Buscar ser inteiro é
se integrar ao outro, acolher,
incluir, respeitar, para
quem sabe um dia aceitar.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário