terça-feira, 18 de março de 2014

Reais belezas


A mais bela arte nasce do amor.
Assim como tudo de belo
e harmonioso que existe no mundo.

Não falo aqui de belezas exteriores,
e sim das belezas do coração que
somente são percebidas através
da sensibilidade para enxergar
o belo.

Cada dia que passa, cegos surgem
no mundo, enfeitiçados pela fumaça
das mídias e ideologias de beleza
que tentam impor como padrões.

Esta beleza é perecível.
Vai-se com o tempo.

É preciso mais que aparências
externas, maquiagens, joias,
perfumes, carros, roupas de grife.

É preciso conteúdo, e conteúdo
não se vende em shoppings.
Se conquista no dia a dia
nas vivências e relações
no amor e dignidade humana.

Que busquemos ser pessoas
de conteúdo, e que a beleza
primeiramente venha do interior
e se manifeste no amor através
de nosso viver e nossas ações
no mundo e com as pessoas.

Antes de buscar ser uma pessoa
de extraordinária beleza, busque
ser uma pessoa extraordinariamente
cheia de conteúdos, com certeza a
beleza vem por consequência.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário