quarta-feira, 5 de março de 2014

Mentira, roubo e morte, evolução?


Como pode ainda num mundo "tão" evoluído a mentira,
o roubo e a morte?

Como pode. Não sabem estes que quando mentem,
roubam e matam, mentem roubam e matam a si mesmos
a cada dia?

O que plantamos, é certo que venhamos a colher, o
mundo dá voltas.

O que se faz às escuras, longe dos olhos humanos, é
 flagrados pela lei de ação e reação, é certo que de
algum modo, algum dia as consequências virão.

Não é Deus quem está julgando e condenando.
São as próprias escolhas a trazerem as consequências.

Não percebem que a maior mentira é a que se faz a si mesmo.
Não percebem que o maior roubo é roubar-lhe a própria
identidade e essências do que tens de Divino?
Não percebem que a maior morte é a da própria alma,
ao impedir a própria evolução?

A consciência pode não acusar no momento em questão.
Não é praga, não é não.
As consequências veem, e toca-lhes corpo alma, e coração.

Sempre que possível, haja na verdade, busque ganhar
o pão com honestidade e a promover a vida onde passar...

O que tens a colher, a ganhar ou perder depende
exclusivamente de você.

Escolhas movem as pessoas, movem o mundo.
Escolhas trazem sonhos e pesadelos à realidade.
Qual deste sonhos trazes à tona quando põe os outros
em desvantagens?

Sonhe no auto-amor, no amor ao próximo, no amor a Deus,
e dê um viva à felicidade da consciência tranquila ao colher
os bons frutos que semeastes.

Frutos de amor, verdade, conquistas, vidas, uma verdadeira
 salada mista de felicidade.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário