quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Minha natureza


Minha natureza é beleza.
Minha natureza é com certeza sangue bom
na veia.

Minha natureza é escrever, fazer arte e
encantar o mundo.

Sei que não posso agradar a todos.
Mas na minha natureza busco respeitar
e amar, e isso também ensinar.

Mas na minha natureza, preciso, anseio e
necessito da natureza dos outros, do gosto,
do agrado, da partilha.

Pois minha natureza só segue em frente
e faz sentido se vista, lida, querida e
compartilhada.

Minha natureza e existência só faz sentido
no encontro com o outro, com a troca de
experiências e no amor a ambos, a mim
e ao próximo.

Minha natureza é beleza...
Embora não perfeita, busca perfeição.
Embora imperfeita, se faz a cada dia
na caminhada terrena em busca de Deus.

Minha natureza ligada a outras está.
Somos peças de um todo nas aprendizagens
de amar.

Somos peças sim, de um todo, família
humana, naturezas distintas, mas que são
peças fundamentais na busca de um Deus,
nas misturas químicas e cósmicas de ser
Luz junto ao Pai.

Minha natureza é beleza.
Minha natureza é com certeza sangue bom
na veia.
Mas sozinho, sou poeira ao vento.
é na união que encontro alento,
que faço sentido, motivo pelo qual existo.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário