domingo, 2 de março de 2014

Domingo de carnaval


Domingo de carnaval e eu aqui.
Feliz da vida.

Sou brasileiro e na corrida do dia a dia.
Aprendi a me contentar com o pouco
para não me frustar.

Embora eu sonhe sempre alto e não pare de
lutar.

A gente não pode se acostumar com migalhas.
Nascemos para viver plenamente e dignamente
neste mundo.

Embora os sistemas implantados deem outros
entendimentos e direcionamentos, que nos
privam às vezes até do básico.

A luta deve ser frequente.
A luta deve ser diária.
Pois só através da luta podemos alcançar vitória
e na vitória viver democracia e melhor distribuição
de renda.

O que é de César, é de César.
O que é de Deus é de Deus.

Isso quer dizer que o que é devido de impostos,
o qual deve ser retornado a nós, deve ser pago.
Mas cobrado, deve ser o retorno também.
O que nos é de direito.

Democracia não é só votar, é cumprir com suas
obrigações e deveres, e também exigir os seus direitos.

Carnaval tem sido para poucos.
Ter um laser também.

Falta dinheiro para a maioria,
enquanto minorias ficam com a maior parte
dos lucros movimentados no país e no mundo.

Sorrir e seguir em frente...
Para que assim um dia o carnaval seja mais
que cinco dias, e seja frequentado por todos
no bem e no amor.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário