sábado, 1 de março de 2014

Professor, jardineiro dos jardineiros



O brilho do sol não se compara ao resplandescente
brilho do que professa o conhecimento e promove os
saberes.

Propagar o conhecimento, incorporando novos conhecimentos
a estes e assim formando novos conhecimentos é ato sublime
que poucos dedicam tempo e vida.

E ver no olhar o desejo estampado, desta entrega, muitas vezes
doação, muitas vezes vocação e prazer, é inspirador a qualquer leigo.
Humildes aprendizes que se entregam e se abrem à aprendizagem e
co-participação de todo este processo de construção e promoção
do conhecimento e da vida em dignidade e qualidade.

É dádiva. presente Divino pessoas assim.
Estas precisam ser lembradas e aplaudidas.
Estas precisam de atenção, carinho, respeito, e valorização.
Pois não é fácil essa jornada.
São horas solitárias noite a fora, leituras, estudos, escrita e provações.
As quais ocorrem de domingo a domingo.

Esta é a vida do professor.

Professor, jardineiro dos jardineiros...
Responsáveis por fazerem o mundo florir.

Sabes tanto, como separar joio do trigo.
Retirar pedras dos caminhos.
Promover terrenos férteis em corações e mentes.
Que como flores, grama, árvore e arbustos,
se fazem vistosos, viçosos, mais verdes e coloridos, em condições
de espalharem ao mundo perfumes e belezas.

Professor, jardineiro dos jardineiro na promoção de um mundo melhor
mais florido, colorido, cheiroso, vistoso e repleto de dignidade e amor.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário