domingo, 19 de outubro de 2014

Escrita e leitura, eterno culturar


Para escrever basta uma caneta, uma folha
de papel e um coração!

No mais, as palavras fluem e delas se fazem
versos, poemas histórias e mais histórias
e até canções.

Não é balela nem bolhas de sabão que
estouram no ar.

Escrever é assim tão bom quanto ler, se
alimentar, fazer sexo e amar.

Por que não ter este prazer de registrar,
deixar fluir e a escrita acontecer?

É possível que ninguém leia ou compartilhe.
Mas prazer que é prazer só sente quem
pratica o ofício.

Nunca vi ninguém se sentir amado vendo
filme pornô, nem tão pouco se sentir
importante na boca de fofoqueiras do bairro.

Mas um bom livro, uma bela escrita e uma
saudável leitura fazem milagres, tipo, até
quem sabe, construção de um mundo e
pessoas melhores.

Acredite, se não está pior, é porque alguém
culturou, escreveu, leu, gostou e viu
possibilidades e deu-se assim continuidade.

O mundo é  o que é, pela cultura herdada e
trazida "geneticamente" através das linguagens
oral e escrita, que lidos, ouvidos e sentidos
se incorporaram em cada um de nós, atualizando
dados, atualizando fatos, atualizando histórias e
perpetuando a vida.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário