quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Será o fim, ou será o começo?


Norte e sul.
Leste e oeste.
Não importa a direção nem tão
pouco a velocidade, um dia,  o que
tem de acontecer, acontece...

Para que medo e esse tal de desespero?
Quanto vale o amanhã?

A certeza única é a morte.
Mas nem por isso devemos abreviá-la.

A caminhada é  o que sempre conta, não
importando pedras, galhos, rios, pontes,
montanhas e tropeços.

Desde o berço, cada dia é um presente
que vale a pena.

Por isso, viva-o bem, que no mais será
bom também. Como será menos bom e
até pior se não aproveitar cada instante.

O mundo dá voltas e tudo passa em ciclos
e se renova.

E cada dia, uma oportunidade.

A vida é este quebra-cabeças que vamos
completando aos poucos, e aos poucos
vai tomando sentido, formando imagens,
facilitando a compreensão.

E a última peça somente marca o fim de
uma era/ciclo, que pela fé, é um felizes
para sempre, em uma outra história que
começa.

Talvez em outra dimensão, sei lá!

Mas, que o quebra-cabeças se desfaz
e recomeça é uma certeza.
O jogo nunca para.

O fim é certo, e sempre será
um novo começo.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário