sábado, 11 de outubro de 2014

Viver e ser criança, um presente!


Como pode um pequeno cisco formar um ser.
Como pode um novo ser tornar tão feliz a vida de outros seres.
Foi do tamanho de um grão de areia, viu a luz, respirou, chorou.

E com o passar dos dias, neném, bebê.
Primeiras papinhas, dentinhos, sorrisos e os primeiros passos.
E a criança segue o ciclo: nascer, crescer...

A cada dia uma surpresa, quedas, tombinhos à toa, outros
nem tanto, preocupações. Dores diversas de um corpo na busca
de se adaptar ao mundo...

Tempo bom de se brincar, de correr livre, leve e solto sem as
preocupações dos adultos, subir em árvores, brincar de terra,
fazendinha, comidinha, ensaios entre erros e acertos.

São nestes momentos "loucos" que se formam o ser, o caráter,
a identidade, o vir a ser. As aprendizagens se intensificam e o
mundo e pessoas vão sendo absorvidos pelas crianças na busca
de se entenderem, e de entenderem os seus e o mundo.

Muitos sonham ser papai e mamãe, na imitação dos que muito
amam, mas não sabem eles que o bom da vida é ser criança.
Tempo bom, amizades melhores ainda, é bolinha de gude,
é bete, queimada, vídeo games e muito mais.

E ser criança se torna sonho que muitos adultos gostam de
sonhar... Pena que  o tempo não volta. Então criança querida,
viva seu tempo presente sem a pressa de crescer, pois ser
criança é um espetáculo que acontece somente uma vez.

UMA SINGELA HOMENAGEM AO MEU FILHO, HOJE
NÃO TÃO CRIANÇA, Washington Silva de Oliveira Campos

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br
adalmiroliveiracampos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário