sexta-feira, 6 de junho de 2014

Sorrisos


Um sorriso longo.
Um sorriso curto.
Um sorriso branco,
amarelado talvez.

Um sorriso apenas.
Seja como for.
Seja meio ou inteiro banguela.
Seja de dentadura.

Trás de todo jeito, de todo modo,
muita ternura...

Arriba semblantes tristes.
Arriba rostos pálidos e cansados.
Arriba os descrentes e até os mais
sem fé, esperança e assustados.

O sorriso trás em si esse poder e
magia, cartão postal de cada ser que
renova as energias e rejuvenesce quem
o dá gratuitamente e a quem recebe
agradecido.

No sorriso, almas se vestem de estrelas
e de luz, e se fazem belas e formosas
por inteiro.

E assim o sorriso ganha adeptos,
trás empatia, encurta mundos e faz feliz.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário