segunda-feira, 21 de abril de 2014

Círculos viciosos


Sucessos e fracassos
são círculos viciosos.
Fazem parte da vida,
nos altos e baixos.

Resta buscar o equilíbrio.
No controle, nem sempre estaremos,
pois existem coisas que nem podemos
controlar, que estão sob influências
sei lá de quem, que desorienta e às
vezes tira do prumo.

Nem tudo sai como planejamos.
Algumas forças exteriores contribuem
de alguma forma a desorientar, de modo
a termos que replanejar e agir em novos
começos e recomeços, o que não podemos
é parar de planejar e tentar seguir em frente.

São altos e baixos.
Subidas e descidas.
Onde devemos aprender sobre o amor.

E onde formos nos caminhos em que
seguirmos, pensarmos coletivamente,
pois muitos sofrem influencias de nossas
escolhas, e nós mesmos sofremos as
consequências.

O céu é para todos.
Todos de algum modo o alcançarão.
Alguns mais rápido, outros nem tanto.
Mas as portas, com certeza, se abrem
quando somos solidários e agimos no
amor e junto de nós levamos outros.

A dois, a três, a quatro, a cinco ou seis,
bem mais e mais, ficam mais fáceis as
escaladas morro acima, onde no apoio
mútuo, todos alcançam a vitória.

A vitória sólida que trás felicidade, dignidade
e plenitude humana, é a vitória onde todos saem
ganhando, pois só tende a multiplicar os ganhos.

No mais, rompe-se o fio que permeia a vida, se rompe
e ocasiona a queda de um, todos caem, e
necessitam recomeçar novamente, e muitas
vezes do zero, do início.

Se o céu é para todos, por que adiar?

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário